Paraná lidera entrega de embalagens de defensivos

Agronegócio

Paraná lidera entrega de embalagens de defensivos

O PR foi o Estado que mais destinou embalagens vazias de defensivos em novembro
Por: -Redação
1 acessos

O Paraná foi o Estado que mais destinou embalagens vazias de defensivos agrícolas no mês de novembro, com um total de 505,5 toneladas. O trabalho contínuo de conscientização de agricultores sobre a importância da devolução dos recipientes também posicionou o Estado como o segundo em processamento de embalagens no acumulado do ano, com 3.530 toneladas. O volume atingido aponta a maturidade do sistema no Estado, uma vez que, no mesmo período do ano anterior, foram destinadas 3.585 toneladas (55 toneladas a mais).

Atualmente, o Paraná possui centrais de recebimento nos municípios de Cambé, Campo Mourão, Cascavel, Colombo, Cornélio Procópio, Maringá, Palotina, Ponta Grossa, Prudentópolis, Francisco Beltrão, São Mateus do Sul, Guarapuava, Santa Terezinha do Itaipu e Umuarama além de mais de 50 postos em funcionamento.

O sucesso do Sistema de Destinação Final é fruto do esforço coletivo de agricultores, canais de distribuição e cooperativas, indústria e poder público, representado no Estado pela Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento (Seab), Secretaria de Estado Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), Superintendência de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental (Suderhsa) e Instituto Ambiental do Paraná (IAP), entidades fiscalizadoras, licenciadoras e parceiras que multiplicam as atividades do sistema de destinação final no Paraná.

Mais informações sobre o inpEV e o Sistema de Destinação Final de Embalagens Vazias estão disponíveis em www.inpev.org.br.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink