Paraquate está proibido a partir de hoje
CI
Imagem: Pixabay
ALERTA

Paraquate está proibido a partir de hoje

Mapa confirma proibição e fiscalização será intensificada
Por: -Eliza Maliszewski

Conforme decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o herbicida Paraquate passa a ser proibido no Brasil a partir desta terça-feira (22). Em nota o Ministério da Agricultura confirmou a proibição e disse que “dará procedimento ao cancelamento do registro dos produtos à base de Paraquate e adotará as providencias necessárias para o cumprimento da Resolução da Diretoria Colegiada (RDC 177)”.

Os órgãos de fiscalização estaduais já se mobilizam para orientar e fiscalizar o uso e comercialização. Pela resolução os produtores não podem nem armazenar mais o produto. O fabricante deve fazer o recolhimento em 30 dias. O ingrediente ativo está entre os 5 mais vendidos no país e é amplamente usado para controle de plantas daninhas, no manejo do plantio direto e na dessecação pré colheita de culturas como soja, milho, trigo, batata, maçã e arroz.

Em Santa Catarina, a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), através da Divisão de Fiscalização de Insumos Agrícolas (Difia) fará a fiscalização. Segundo o engenheiro agrônomo e gestor do setor responsável, Matheus Mazon Fraga, destaca que a Anvisa vai discutir essa semana a possibilidade de permitir o uso dos produtos em posse dos agricultores nesta safra, mas que até segunda ordem a mesma está proibida.

No Tocantins a Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) intensificará as ações a partir de hoje. No Paraná a fiscalização ficará a cargo da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) que alerta que o produto é classificado como extremamente tóxico e que já vem orientando os produtores e comerciantes sobre as restrições e proibição desse ingrediente ativo.

Entidades do setor agropecuário haviam solicitado na Anvisa a extensão do prazo para uso do Paraquat até julho de 2021, mas o pedido foi negado. O Paraquate é proibido em vários países pelos danos que pode causar à saúde humana. O uso não é permitido, por exemplo, no país onde é fabricado, a Inglaterra e até na China, maior produtora mundial do produto.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink