Parceria amplia a eficiência da agricultura biológica
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

Parceria amplia a eficiência da agricultura biológica

Biotrop e Orion oferecem ao produtor uma solução para a aplicação de produtos biológicos diretamente no sulco do plantio
Por:

Com o objetivo de proporcionar aos produtores maior eficiência na aplicação dos produtos biológicos e aumentar a produtividade das lavouras, a Biotrop - empresa que desenvolve soluções biológicas e naturais para a agricultura - anuncia uma parceria inédita. Trata-se de um acordo com a Orion, de Pompéia/SP, que desenvolve equipamentos para aplicações no sulco do plantio.

A aplicação de produtos biológicos e naturais com jato dirigido no sulco de plantio cresce consistentemente e vem se tornando um processo cada vez mais relevante na agricultura brasileira. A crescente adoção de tecnologias biológicas, como biodefensivos, inoculantes, bioativadores, entre outros, se beneficia da precisão, condição, local, quantidade e momento correto que a prática permite, protegendo não só a semente, mas também o microambiente no qual ela é depositada.

Com a parceria, os clientes Biotrop terão acesso a condições únicas e atrativas na compra dos equipamentos da Orion. Além do benefício comercial, o produtor terá segurança ao investir no mais alto padrão em eficiência da aplicação. “A Biotrop produz, por meio da biotecnologia, excelentes produtos. Já a Orion oferece um equipamento que vai proporcionar a correta aplicação no sulco de plantio, garantido o máximo desempenho das bactérias no solo”, diz Ricardo Rodrigues da Cunha, presidente e diretor de pesquisas e desenvolvimento da Orion.

Ainda segundo o especialista, a aplicação no sulco de plantio parece algo muito simples, mas não é. Existe uma série de fatores que precisam ser observados para garantir que os bioprodutos possam expressar todo seu potencial. “A nossa visão como fabricante de máquinas é aplicar os produtos de maneira correta. Um dos fatores que matam as bactérias ou as deixam inutilizadas é a pressão errada, item ao qual damos muita atenção. Além disso, é preciso se atentar à temperatura e ao pH da água onde o produto é colocado e misturado”, destaca Cunha.

Ganho compartilhado

A Biotrop consolidou essa parceria por entender que seus esforços e cuidados com a seleção e manipulação de suas bactérias no processo industrial precisam ser mantidos até a aplicação no solo. “O desempenho dos nossos produtos é maximizado quando atingem o alvo corretamente, tanto no controle fitossanitário quanto na melhoria de performance de plantas para altas produtividades, com os inoculantes e bioestimulantes que produzimos. A tecnologia de aplicação, portanto, é peça fundamental no resultado alcançado com estas tecnologias. Desta forma há um alto retorno sobre o investimento aos nossos clientes com o uso das soluções Biotrop”, diz Agnelo Vitti, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Biotrop.

Por que aplicar no sulco?

As sementes possuem um limite de adsorção de produtos. A possibilidade de aplicação de bioinsumos no sulco permite ampliar o uso de soluções de maior volume como inoculantes premium, bionematicidas, bioestimulantes e biofungicidas.

Além deste benefício, alguns produtos usados em TS, como defensivos químicos e nutrientes, podem ser tóxicos a agentes biológicos caso a operação de tratamento de sementes não seja bem efetuada. “A separação no método de aplicação garante maior viabilidade destes microrganismos. Além disso, há benefícios operacionais, por exemplo, se ocorrerem atrasos no plantio de soja não há necessidade de reinoculação das sementes com Bradyrhizobium sp. (inoculante), garantindo-se a eficácia da tecnologia”, completa Vitti.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink