Agronegócio

Parceria amplia opções de culturas para o biodiesel no RS

Protocolo incentivará cultivo de mamona, canola e girassol
Por: -Redação
1 acessos

Governo do Rio Grande do Sul, CaixaRS, Emater, Fepagro, Embrapa e Banco do Brasil assinaram nessa segunda-feira (13-11) à tarde, em Passo Fundo, um protocolo de intenções com a Indústria e Comércio de Biodiesel (BSBios), visando incentivar o plantio de culturas alternativas como mamona, canola e girassol para a produção de biodiesel. As instituições bancárias garantirão recursos para instalação das lavouras e os órgãos de pesquisa entrarão com acompanhamento e assistência técnica.

A empresa, por sua vez, assinou dois protocolos de intenções com a Cotrijal e Cotrimaio, garantindo a compra de toda a produção das culturas alternativas. Durante a solenidade, o governador Germano Rigotto disse que essa integração de forças vai proporcionar uma diversificação maior de insumos processados pela empresa. Ele entende que, além de agregar mais renda ao campo, a ação gerar novos postos de emprego.

O diretor operacional da BSBios, Erasmo Carlos Batisttela, destacou que o dia foi histórico para a região, pois marcou o início dos programas de culturas alternativas que serão implantados pela empresa. Ele revelou que a mamona já está sendo plantada e que a canola e o girassol começam a ser cultivados no próximo ano. Batistella informa que, em 2007, já deverão ser plantados de 10 a 15 mil hectares de canola e cerca de 10 mil hectares de girassol. A BSBios está sendo instalada, em Passo Fundo, com investimento de R$ 40 milhões e deve entrar em operação em abril de 2007. A empresa vai produzir 100 milhões de litros de biodiesel ao ano para abastecer os mercados dos três estados da região Sul, gerando 110 empregos.

Depois da assinatura do protocolo, o governador e lideranças estiveram visitando as obras da unidade, que será instalada no distrito industrial da Invernadinha. A solenidade contou com prefeito municipal Airton Dipp e diretores da BSBios.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink