Agronegócio

Parceria entre SENAR-MT e Fetagri garante qualificação para pequenos produtores

Mais de 200 pequenos produtores participam do Seminário.
Por:
440 acessos

Mais de 200 pequenos produtores e trabalhadores rurais vindos de todos os municípios mato-grossenses participam, esta semana, do Seminário Estadual de Formação de Lideranças Sindicais e Associativas dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Mato Grosso. O evento é uma parceria da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Mato Grosso (Fetagri-MT) com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), e acontece até sexta-feira (03.06).

O presidente da Fetagri-MT, Nilton José Macedo, conta que neste seminário serão discutidas propostas que vão nortear as ações voltadas para a agricultura familiar ao longo do próximo ano. "Sucessão familiar e a qualificação de mão de obra são assuntos em pauta e o SENAR-MT é o parceiro nessa empreitada", enfatiza Macedo.

O superintendente do SENAR-MT, Otávio Celidonio, informa que a instituição oferece vários produtos para os pequenos produtores. "Temos treinamentos para qualificar e capacitar pessoas em 15 cadeias produtivas incluindo piscicultura, bovinocultura de leite e olericultura, formadas basicamente por pequenos produtores rurais". Além disso, a instituição ainda oferece capacitação na área de gestão, sucessão familiar e formação de líderes.

Os treinamentos do SENAR no estado são ofertados em parceria com os Sindicatos Rurais transformaram a vida dos produtores rurais de Alto de Boa Vista, município a mais de 900 quilômetros de Cuiabá. Os produtores José Correa da Silva e Rui Martins Pinheiro se juntaram para investir na criação de peixe. Além da piscicultura, Pinheiro conta que fez treinamentos de cooperativismo, agente de saúde animal, beneficiamento do leite e vários outros que contribuíram para que ele melhorasse a gestão da propriedade e diversificasse sua produção.

Ao todo Pinheiro e Silva têm três tanques de piscicultura, sendo um na propriedade de Pinheiro e dois, na de Silva. "Já estou vendendo alguns peixes. Ainda é pouco, mas logo vamos ter condições de ampliar as vendas e, com isso, melhorar a renda familiar e a qualidade de vida", acrescenta Silva.

Animado, os dois contam que trouxeram várias ideias para o seminário da Fetagri-MT. "É preciso aprender sempre e, por isso, faço todos os treinamentos que o SENAR-MT oferece em nosso município", destaca Pinheiro. Ele diz ainda que os cursos levam novas ideias, o que sempre melhora a gestão da propriedade. Além da parceria com Silva, Pinheiro também já ganha um ?dinheirinho? com a venda das verduras e legumes que cultiva em sua propriedade.

Assim como Silva e Pinheiro, o pequeno produtor José Ferreira da Silva, que vive no município de Tapurah, a cerca de 500 quilômetros de Cuiabá, também já fez diversos treinamentos do SENAR-MT. "Oito ou dez ao longo dos últimos anos", conta. Segundo ele, os treinamentos mudaram sua forma de pensar. "O conhecimento me mostrou o caminho certo para ter um pouco mais de rentabilidade. Fiz um curso para aprender a administrar minha propriedade e foi nesse momento que descobri que estava gastando dinheiro à toa. Aprendi que na propriedade só se pode fazer o que dá lucro. Se não estiver dando lucro é preciso rever o planejamento e verificar onde está o problema".

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink