Parceria estimula plantio de grãos após a colheita do tabaco no Paraná
CI
Agronegócio

Parceria estimula plantio de grãos após a colheita do tabaco no Paraná

Evento realizado em Piên reuniu cerca de 200 pessoas e marcou lançamento no Estado
Por:
Evento realizado em Piên (PR), reuniu cerca de 200 pessoas e marcou lançamento da iniciativa no Estado do Paraná

Piên (PR) – A propriedade dos produtores integrados Josimar Knopck e José Edimar Grosskopf, na localidade de Poço Frio, interior do município de Piên (PR), recebeu cerca de 200 convidados, entre autoridades, produtores rurais e convidados, na manhã da sexta-feira, 15, para o lançamento do Programa Milho & Feijão Após a Colheita do Tabaco no Estado do Paraná. A iniciativa, liderada pela Souza Cruz desde 1984, tem a expectativa de alcançar uma produção de 70 mil toneladas de grãos, com o envolvimento de mais de 12,5 mil produtores paranaenses, em uma área plantada de 24 mil hectares.
 

Realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), o Sistema Faep (Federação da Agricultura do Estado do Paraná), o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Paraná (Fetaep), o programa incentiva o plantio de grãos após a colheita do tabaco como forma de diversificar a propriedade, aumentar a renda do produtor e contribuir para a preservação do meio ambiente e qualidade de vida.
Prestigiaram a solenidade de lançamento, diversas autoridades locais, regionais e estaduais, entre elas, o presidente da Emater-PR, Rubens Ernesto Niederheitmann, o prefeito de Piên, Gilberto Dranka, o diretor de Tabaco da Souza Cruz, Dimar Frozza, o diretor de Política Agrícola da Fetaep, José Carlos Castilho, o superintendente do Senar e Sistema Faep, Humberto Malucelli Neto, e o secretário regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná, Edmar Leduc Peixoto.

Em seu pronunciamento, o diretor de Tabaco da Souza Cruz, Dimar Frozza, destacou a visão da empresa, que há 110 anos busca pautar suas atividades em dois princípios. “O desenvolvimento de parcerias e o incremento da sustentabilidade na atividade rural são verdadeiros valores do nosso negócio”, destacou. Com 30 mil produtores integrados na Região Sul do Brasil, a Souza Cruz incentiva o plantio da safrinha há 28 anos como alternativa para a diversificação da propriedade, ampliação da oferta de grãos e a maximização da renda do produtor integrado. “Desta forma, potencializamos a melhoria da qualidade de vida das famílias no campo, contribuindo para uma maior produção de alimentos e contando também com o tabaco como uma alternativa sustentável de diversificação agrícola”, frisou.

PARCERIA – O presidente da Emater do Paraná, Rubens Ernesto Niederheitmann, que também representou o governador do Estado e o secretário estadual da Agricultura e Abastecimento, destacou a importância de programas focados na melhoria da qualidade de vida dos agricultores. “Vamos participar de forma efetiva deste programa, para que juntos possamos avançar e ter o sucesso desejado”, enfatizou. Já o prefeito de Piên, Gilberto Dranka, enalteceu a participação da agricultura na economia do município, responsável por uma receita de R$ 100 milhões por ano. “Deste total, 50% é do tabaco, o que comprova que estamos trabalhando forte pela diversificação”, salientou. Dranka ainda também agradeceu a parceria da Souza Cruz em outros projetos locais, como a doação de R$ 38 mil para a construção de um Laboratório de Informática para ações de jornada escolar ampliada.

REGIÃO SUL – O evento de lançamento do Programa Milho & Feijão Após o Tabaco em Piên (PR) foi o primeiro dos três previstos para a Região Sul. Na próxima terça-feira, dia 19, o lançamento ocorre no município de Canguçu (RS), e na sexta-feira, 23, em São Miguel d’Oeste (SC). Nos três estados, o programa tem a expectativa de produzir de 383 mil toneladas de grãos, com o envolvimento de 71,5 mil produtores, em uma área plantada de 105 mil hectares.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.