PB: mulheres formam maioria beneficiada em política voltada à sociobiodiversidade
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PGPM-Bio

PB: mulheres formam maioria beneficiada em política voltada à sociobiodiversidade

As mulheres são as principais beneficiadas pela política de apoio à produção extrativa
Por:

As mulheres são as principais beneficiadas pela política de apoio à produção extrativa desenvolvida pela Companhia Nacional de Abastecimento. É o que mostra o balanço das ações da estatal no estado. Entre os extrativistas 541 contemplados pela Política de Garantia de Preços Mínimos para os produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio) em 2020, a participação feminina chega a um índice de aproximadamente 55%, totalizando 299 mulheres.

Em todo o ano passado, as subvenções pagas aos produtos extrativos de mangaba e umbu a partir da PGPM-Bio chegaram a R$ 686,1 mil. O valor equivale à coleta de 524,2 toneladas de mangaba e 228,4 toneladas de umbu comercializados no mercado abaixo do preço mínimo estabelecido pelo Governo Federal, garantindo o direito ao bônus.

Agricultura Familiar – Em relação às ações de apoio aos agricultores familiares, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na Paraíba, em 2020, contou com o orçamento de R$ 13,4 milhões, contemplando 109 projetos com 1.724 beneficiários fornecedores, sendo 82,65% desse público formado por mulheres do campo.

O recurso possibilitou à Conab adquirir cerca de 5,36 mil toneladas de alimentos dos produtores locais por meio da modalidade Compra com Doação Simultânea (CDS). Dessa maneira, os alimentos poderão ser doados ao longo deste ano doados para rede socioassistencial do estado, beneficiando pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional em, pelo menos, 44 municípios paraibanos.

Os agricultores familiares da Paraíba também doaram, em 2020, oito toneladas de pescado para os Centros de Referência e Assistência Social dos municípios de Juru, Mamanguape e Malta, via PAA na modalidade CPR – Estoque.

Demais ações – Dentre as medidas de incentivo aos pequenos criadores, a Conab comercializou no âmbito do Programa de Vendas em Balcão (ProVB) 12.611 t de milho em grãos. A venda permitiu a mais de 1,4 mil produtores rurais de 152 municípios acesso ao cereal a preços compatíveis com os praticados em pregões públicos ou com os dos mercados atacadistas locais. Atualmente, a Companhia possui um estoque de 5.238 mil toneladas, já disponível para aquisição pelos cadastrados no programa.

A Conab também atuou na doação de 9.586 cestas, totalizando a entrega de 191,12 toneladas de alimentos. A partir de parceria firmada com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), 6.254 foram distribuídas para aldeias indígenas de cinco municípios do estado. Outras 3.332 cestas foram destinadas a mulheres em situação de insegurança alimentar e nutricional moradoras de 42 municípios paraibanos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink