Pecuária brasileira perde grande incentivador do setor


Agronegócio

Pecuária brasileira perde grande incentivador do setor

Dr. Max Fabiani faleceu no último dia 5 de janeiro
Por: -Janice
5058 acessos
No último dia 5 de janeiro, faleceu aos 39 anos , em consequência de um infarto fulminante do miocárdio, o Dr. Max Fabiani. Formado em Medicina pela PUC Campinas (SP), iniciou sua carreira no agronegócio junto ao seu pai, o imigrante italiano Fabiano Fabiani, fundador da Tortuga Companhia Zootecnia Agrária. Em 2000, atuou no desenvolvimento de produtos e marketing e, depois de algum tempo, assumiu a área de Marketing da Linha Saúde, unidade Santo Amaro (São Paulo/SP), logo após a gerência. Max também gerenciou as fazendas do Grupo. Em 2004, assumiu o cargo de vice-presidente da Tortuga, permanecendo neste até 2006, período no qual trabalhou e aprendeu muito com a experiência e sabedoria de sua mãe, Dona Creuza Fabiani, atual presidente da empresa. De 2006 a 2010, Max presidiu a empresa e registrou grandes conquistas.

“Dr. Max foi, ao longo de sua carreira, um grande admirador do agronegócio brasileiro e fazia questão de destacar, em todos os momentos, a importância desta atividade para a economia brasileira, para o crescimento do país e das futuras gerações”, divulgou em nota a assessoria de imprensa da Tortuga.

A Missa de sétimo dia será realizada no próximo dia 12 de janeiro, às 12h00, na Igreja São José, localizada na Rua Dinamarca, 32, em São Paulo, capital.

O portal Agrolink se solidariza com a família Fabiani pelo falecimento do Dr. Max.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink