Pecuária leiteira tem novos valores de indenização
CI
Imagem: Pixabay
ATIVIDADES

Pecuária leiteira tem novos valores de indenização

A tabela é utilizada para a indenização de vacas, novilhas, machos inteiros ou castrados e de tração
Por:

Os valores de indenização do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do RS para a pecuária leiteira foram atualizados. Em Assembleia Geral Extraordinária realizada na tarde desta segunda-feira (21), os conselheiros aprovaram o reajuste, de 14,65% para a tabela. O percentual aplicado leva em consideração os valores de UPF (unidade padrão fiscal) majorados em 2021 e 2022.

A tabela é utilizada para a indenização de vacas, novilhas, machos inteiros ou castrados e de tração, com suas funções em estabelecimento vinculado a produção leiteira. Os machos com idade superior a 24 meses, que apresentem resultado positivo, serão indenizados no valor de R$ 1,5 mil, independentemente de raça ou valor genético.

Para receber a indenização, o produtor precisa estar em dia com as contribuições ao fundo e ter realizado o saneamento dos animais dentro do estabelecido pelo PNCEBT – Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose.

Também foi aprovado na assembleia o pagamento de R$ 1,1 milhão em indenizações referentes a 732 bovinos leiteiros.

Confira como ficou a tabela: 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.