Pecuarista continua na incerteza com o Independência
CI
Agronegócio

Pecuarista continua na incerteza com o Independência

A Acrimat diz que para o pecuarista só resta rezar para que o frigorifico cumpra o acordo aprovado na AGC
Por: -Janice

A Acrimat diz que para o pecuarista só resta rezar para que o frigorifico cumpra o acordo aprovado na AGC

A Assembleia Geral de Credores – AGC – convocada pelo Independência S.A.e a Nova Carne Indústria de Alimentos Ltda., realizada nesta segunda-feira, 13 de setembro, deu o resultado esperado pelo Independência: conseguiu mais prazo para pagar o que deve. “Agora só nos resta rezar e esperar que cumpra o prometido”, comentou o superintendente da Associação dos Credores de Mato Grosso – Acrimat, Luciano Vacari.

A promessa desta sexta AGC foi de suspender o pagamento das parcelas nos meses de setembro e outubro, normalizando a partir do dia 8 de novembro, com o pagamento dessas duas parcelas, corrigidas pela taxa Selic, mais a parcela de novembro. Além disso, eles propuseram o pagamento das 23ª e 24ª parcelas, antecipadamente nas parcelas 21ª e 22ª. “O pecuarista continua na incerteza, pois para honrar com o comprometido o independência vai ter que arrumar dinheiro novo e isso não temos garantia que vai acontecer” , analisou.

Apesar das incertezas e da falta de força de decisão por parte dos pecuaristas, já que o poder de decisão está com as instituições financeiras, Vacari analisa que “houve avanços”. Ele lembra que a proposta inicial era a suspensão do pagamento das parcelas aos pecuaristas credores por 04 a 06 meses e fechou em dois meses. “O negócio é se isso realmente irá acontecer, e vamos torcer que eles consigam, pois as unidades dessas empresas são muito importantes para o pecuarista e a economia dos municípios onde elas funcionam”.

AGC de 05 de novembro de 2009

Foi aprovada na assembleia do dia 05 de novembro de 2009, pagamento à vista de R$ 100 mil e os com crédito superior, R$ 100 mil de entrada e saldo dividido em 24 parcelas, pagas a partir de março deste ano, e corrigidas pela taxa Selic.

A dívida

Os credores do frigorífico Independência estão em cinco estados: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Minas Gerais e Goiás. O Independência quando entrou com o pedido de Recuperação Judicial, tinha uma conta a pagar de R$ 152,4 milhões com 1.524 pecuaristas. A dívida total do Independência era de aproximadamente R$ 3 bilhões.

As informações são da assessoria de imprensa da Associação dos Credores de Mato Grosso – Acrimat.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink