Perda do milho chega a 80% no RS
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
ESTIMATIVA

Perda do milho chega a 80% no RS

No Paraná a situação das lavouras piora e produção deve ser cerca de 14% menor na safra
Por: -Leonardo Gottems

Diversos municípios já realizaram o pedido de estado de emergência devido à seca no Rio Grande do Sul, onde dentre algumas localidades, fala-se em até 80% de perda no plantio de milho, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “No mercado de lotes muitas informações cruzadas. Grandes compradores indicando R$ 94,00 a R$ 95,00 CIF e médios e pequenos compradores oferecendo R$ 95,00 FOB. Produtor está  colhendo e não está fixando absolutamente nada. Preços de pedra base Panambi mantiveram-se em R$ 88,00 (mesmo que ontem)”, comenta. 

Em Santa Catarina a secretaria do estado apresenta ações para mitigar efeitos da seca no milho. “Um  grupo  de  monitoramento  foi  convocado  para monitorar  a  situação  da  seca  no  estado  de  Santa Catarina,  onde  são  previstas  ações  emergenciais  em tempo  real.  Nesta  terça  (4),  o  grupo  visitou  e  fez reuniões com as prefeituras de Mondaí, Riqueza, Caibi e Planalto Alegre, buscando chegar a alternativas que possam minimizar os efeitos da seca nos municípios”, completa a consultoria. 

No Paraná a situação das lavouras piora e produção deve ser cerca de 14% menor na safra. “Com isso, a previsão é que o estado entregue cerca de 14% a menos de produção no milho, passando de 4,0 milhões para cerca de 2,4 milhões de toneladas, conforme havíamos comentado ontem. Com isso, produtores acreditam em novas altas e, sem pressa, dispõe lotes em R$ 100,00 a saca ou acima. No final da semana passada, foram vistos negócios em R$ 97,00, em pelo menos 3 mil toneladas em Cascavel e hoje, novos negócios rodaram a R$ 98,00, próximo à  região.  Cooperativas  aumentaram preços balcão em  R$ 1,00  a saca, passando para R$ 86,00 no oeste, R$ 87,00 no norte e R$ 87,50 sudoeste”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.