Perdas com a soja chegam a 39,7% em Santa Catarina

Agronegócio

Perdas com a soja chegam a 39,7% em Santa Catarina

O Icepa (SC) estima perdas ao redor de 334 mil toneladas na safra de soja e prejuízo de R$ 178 milhões
Por:
1 acessos

O início da colheita de soja está confirmando o que os agricultores já previam, a queda de produção em virtude da estiagem. O agricultor Mario Fries, de Guatambu, está colhendo só 20 sacas por hectare, onde esperava colher 60. A perspectiva era de obter 3 mil sacas em 50 hectares. Com a falta de chuva, deve obter apenas mil, numa quebra de 66%.

A colheitadeira que enchia o graneleiro em 30 minutos, leva 1h15min já que as plantas secaram e parte dos grãos não desenvolveu. A maturação foi desparelha gerando um produto de baixa qualidade. Fries financiou R$ 58 mil para implantar os 50 hectares de soja e mais 30 hectares de milho.

A produção de milho foi suficiente só para a criação de suínos. E a de soja, a preço de R$ 34, não paga o financiamento. Mesmo que tenha as dívidas prorrogadas, Fries vai ter dificuldades. "O governo deveria isentar parte do financiamento dos médios produtores".

Safra de grãos será 30% menor em SC:

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Agrícola de Santa Catarina (Icepa) estima a perda da safra de soja em 334 mil toneladas. Isso representa 39,7% da safra catarinense e prejuízo de R$ 178 milhões. O engenheiro agrônomo do Icepa, Simão Brugnago Neto, disse que a capacidade para processamento de soja em SC é de 1,3 milhão de toneladas. A quebra na safra do Sul já provocou um aumento no preço da saca de soja, de R$ 27 para R$ 34.

Somando quebras do milho e feijão e leite, as perdas são de R$ 845 milhões. Nos grãos, são de 1,9 milhão de toneladas, o que representa 30% da safra catarinense. A Defesa Civil registrou 155 pedidos de emergência e um de estado de calamidade, número estabilizado desde a semana passada.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink