Pernambuco e Mato Grosso se integram à Rede e-Tec Brasil no SENAR

Agronegócio

Pernambuco e Mato Grosso se integram à Rede e-Tec Brasil no SENAR

PE e MG participam pela primeira vez da seleção para o Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR e em ambos a expectativa é de que haja forte concorrência pelas vagas
Por:
404 acessos

Pernambuco e Mato Grosso participam pela primeira vez da seleção para o Curso Técnico em Agronegócio da Rede e-Tec Brasil no SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e em ambos a expectativa é de que haja forte concorrência pelas vagas, como  acontece nos outros 20 estados do País e no Distrito Federal, onde o curso já vem sendo realizado. “Nós temos uma produção agrícola muito expressiva e uma grande demanda reprimida por mão de obra especializada, então esse curso está despertando grande interesse”, comenta Otávio Celidonio, superintendente do SENAR/MT.

As inscrições para a seleção foram abertas no último dia 4 e vão até o próximo dia 26. No total do país já são mais de 4.500 candidatos disputando as 1.500 vagas oferecidas no curso de nível técnico,   que é gratuito,  semipresencial e certificado pelo Ministério da Educação (MEC), parceiro do SENAR na iniciativa. Na opinião de Celidonio, uma ação estratégica para o crescimento do setor agropecuário brasileiro e mato-grossense.

“O Mato Grosso tem a agricultura como principal motor da sua economia e, apesar dela ser muito moderna, para continuar competitiva ela precisa de profissionais qualificados. Por isso, o ensino técnico nessa área é fundamental. Montamos nossos dois primeiros polos, com o apoio do Instituto Matrogrossense do Algodão, nos municípios de Sorriso e Campo Novo do Parecis, dois grandes produtores”. Em Sorriso,  que tem a maior área plantada de soja do Brasil, o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR começa  oferecendo 50 vagas. O número é o mesmo em Campo Novo do Parecis, maior produtor nacional de girassol e milho de pipoca.

Alta demanda também em Pernambuco

Em Pernambuco são oferecidas 40 vagas no polo montado no município de Bezerros, região que concentra grande número de agroindústrias. Como em outras regiões do País, a demanda por mão de obra especializada também é grande.  Adriano Leite Moraes, superintendente do SENAR/PE, está confiante. “Expandir a atuação do SENAR na formação profissional rural, para habilitar técnicos de nível médio, em parceria com sindicatos, traduz um trabalho institucional no fortalecimento do setor que representamos, aproximando ainda mais o SENAR do seu público”.

E o coordenador regional do Curso Técnico em Agronegócio no estado, Adriano Pontes complementa:  “existe uma necessidade iminente por profissionais bem qualificados nesse nível e o  SENAR tem uma larga experiência na educação rural. Com esse Curso Técnico em Agronegócio, estamos cumprindo nossa missão de promover a qualificação profissional, o aumento de renda no campo e o crescimento da produção sustentável”.

Com foco na formação de gestores agrícolas, o Curso Técnico em Agronegócio abre um amplo mercado de trabalho para seus alunos. Em dois anos, eles saem preparados para não somente administrar  propriedades rurais, mas também para atuar na industrialização e comercialização de produtos agrícolas, ou até mesmo  no campo das pesquisas.

As inscrições para o processo seletivo devem ser feitas no portal http://etec.senar.org.br/ e é bom não deixar para a última hora. Como as provas são individuais, os horários para o exame são limitados.  São oferecidas vagas nos estados do Acre, Amazonas, Alagoas,  Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins, além de Pernambuco, Mato Grosso e do Distrito Federal.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink