Pesquisa avaliará Impactos de sistemas de produção de bovinos no Cerrado

Agronegócio

Pesquisa avaliará Impactos de sistemas de produção de bovinos no Cerrado

Por:
2 acessos

A Embrapa Cerrados (Planaltina-DF), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária- Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, desenvolverá um programa de pesquisa para avaliar os diferentes sistemas de bovinocultura de corte no Cerrado, em termos de impactos ambientais, econômicos e sociais.

O pesquisador da Embrapa Cerrados Luís Gustavo Barioni e o professor Roberto Sainz, da Universidade da Califórnia, apresentaram, no dia 28 de janeiro, as diretrizes gerais do projeto ao chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Cerrados, José de Ribamar N. dos Anjos, e a chefe de Comunicação e Negócios, Maria Alice Santos Oliveira.

Também participaram da reunião os pesquisadores da Embrapa Cerrados Lourival Vilela, Gilberto Gonçalves Leite, Geraldo Bueno Martha Júnior, Allan Kardec Braga Ramos, Marcelo Ayres e Rui Fonseca Veloso.

O programa está em fase de implantação e contará com a parceria da Universidade da Califórnia. A idéia do programa surgiu durante os nove meses em que o pesquisador Luís Gustavo Barioni esteve naquela universidade fazendo estágio de pós-doutorado, sob orientação dos professores Roberto Sainz e James Oltjen.

No período em que o pesquisador da Embrapa Cerrados ficou nos Estados Unidos foram iniciados alguns dos trabalhos que farão parte do programa. Foram adaptados modelos matemáticos desenvolvidos nos EUA para a realidade do Cerrado brasileiro. Como exemplo reparametrizou-se o Davis Growth Model para animais da raça Nelore e para simulação da redução da exigência de mantença de animais sob restrição alimentar.

Um software para implementação, avaliação e otimização de modelos também foi desenvolvido durante o estágio do pesquisador e para utilização em diversas outras ações do programa de pesquisa.

Esses trabalhos foram apresentados em recente workshop de modelagem da utilização de nutrientes por animais domésticos, na Holanda, e serão publicados na próxima reunião da American Society of Animal Science, que ocorrerá entre 24 a 28 de julho, em Ohio (EUA). Também foi testada, com colaboração do também pesquisador da Embrapa Cerrados Cláudio de Ulhoa Magnabosco, ferramenta para avaliação dos sistemas de produção (o DECI- Decision Evaluator For The Cattle Industry), aprovada pela Secretaria de Agricultura dos Estados Unidos.

O programa de pesquisa prevê a avaliação dos seguintes sistemas de produção: pastagens degradadas, sistema de integração lavoura-pecuária, confinamento, pastagens intensificadas e silvipastoris. “Esses diversos sistemas têm seus impactos, sejam negativos e positivos que precisam ser analisados. Temos muito ainda para estudar”, explica o professor da Universidade da Califórnia.

A produção intensiva de bovinos tem aumentado na região do Cerrado. De acordo com Barioni, atualmente 15% dos bovinos abatidos na região Centro-Oeste são terminados em confinamento. “A produção de bovinos de corte em pastagem extensiva ainda predomina, mas os outros sistemas estão crescendo. Esse dado de confinamento era impensável há 15 anos”, ressalta o pesquisador.

Para que o programa seja iniciado, o projeto será submetido a diferentes fontes financiadoras e necessitará de apoio de outras unidades da Embrapa em diferentes áreas de interesse. Os resultados das pesquisas poderão subsidiar políticas públicas para o setor.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink