PF investiga adição de água à carne

Agronegócio

PF investiga adição de água à carne

Por:
353 acessos

São Paulo - O frigorífico JBS Friboi é uma das empresas investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal na Operação Abate, deflagrada ontem e que resultou na prisão de 22 pessoas, entre servidores públicos e empresários. Segundo o procurador da República Reginaldo Trindade, do MPF em Rondônia, a empresa adicionava água à carne produzida na unidade de Porto Velho para aumentar artificialmente o peso do produto, com a conivência de fiscais da Superintendência Federal de Agricultura em Rondônia.

O frigorífico JBS Friboi divulgou nota na qual afirma que não há qualquer tipo de irregularidade em suas unidades localizadas em Rondônia ou em qualquer outro Estado.

Segundo a nota, a “companhia ainda não tem conhecimento do teor do inquérito policial que originou a investigação para detalhar mais sobre o assunto e reforça que contribuiu e continuará a contribuir com as investigações”.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink