Piauí confirma caso de peste suína
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Pixabay

DOENÇA

Piauí confirma caso de peste suína

Resultado foi comprovado em laboratório oficial do Mapa
Por: -Eliza Maliszewski
674 acessos

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) confirmou um foco de Peste Suína Clássica (PSC) no Piauí. O diagnóstico foi confirmado pelo Laboratório Federal de Defesa Agropecuária em Pedro Leopoldo (MG). 

O caso ocorreu no município de Parnaíba, norte do estado, em criatório de suínos para subsistência. O caso foi notificado à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). A propriedade foi interditada, os suínos serão sacrificados e será feita a desinfecção.

O Piauí não é reconhecido como zona livre de PSC e o último caso no estado ocorreu em novembro do ano passado. Segundo o Mapa não há justificativas para restrições ao comércio internacional de suínos e seus produtos.

No país são 15 estados livres: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo, Acre, Tocantins e Distrito Federal. Os limites entre as zonas livres e não-livres de PSC são protegidos por barreiras naturais e postos de fiscalização, onde procedimentos de vigilância e mitigação de risco para evitar a introdução da doença são adotados continuamente.

A Peste Suína Clássica (PSC), também conhecida como febre suína ou cólera dos porcos, é uma doença viral, altamente contagiosa, que afeta somente suínos e javalis. Não oferece riscos à saúde humana e não tem impacto na saúde pública. É diferente da Peste Suína Africana (PSA) embora tenha sintomas parecidos.
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink