Agricultura familiar

Piauí recebe comitiva de Moçambique para intercâmbio sobre agricultura familiar

O grupo vai visitar experiências exitosas em Picos, Simplício Mendes, Bela Vista do Piauí, São João do Piauí e Queimada Nova.
Por: -Larissa Machado
118 acessos

O Governo do estado do Piauí, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), no âmbito do projeto Viva o Semiárido (PVSA), vai receber, entre os dias 3 e 6 de dezembro, o 1º Intercâmbio da Cooperação Sul - Sul em Agricultura Familiar – Brasil e Moçambique, promovido pelo Programa Semear Internacional. O governador Wellington Dias recepciona a comitiva de Moçambique, neste domingo (3), às 17h, no Luxor Hotel de Teresina.

No Piauí, o intercâmbio irá visitar experiências em comunidades rurais e associações dos municípios de Picos, Simplício Mendes, Bela Vista do Piauí, São João do Piauí e Queimada Nova. Logo após, a comitiva segue para Petrolina, no Pernambuco e finaliza a missão em Cruz das Almas, interior da Bahia.

Em cada encontro serão abordados temas como acesso a mercados e serviços financeiros; atividades como apicultura, cajucultura, mandioca e carne vermelha; tecnologias de convivência com o semiárido, irrigação, viveiros de mudas e palma forrageira, como formas alternativas de praticá-las em Moçambique, além de mostrar experiências exitosas nestas atividades praticadas naquele país e que podem auxiliar na produção brasileira.

O evento tem como objetivo promover uma troca de experiências e uma importante aproximação entre os projetos FIDA do Brasil e de Moçambique. A intenção do Semear Internacional é fazer com que o conhecimento já existente nos dois países ultrapasse as barreiras da distância e auxilie os produtores rurais destas duas regiões distintas em suas atividades.

De acordo com o diretor de inclusão produtiva da SDR, Francisco Ribeiro, o Chicão, o evento vai mostrar experiências exitosas da agricultura familiar do Piauí e os resultados dos Planos de Investimento Produtivo (PIPs) apoiados pelo FIDA. “Esta ação faz parte de um programa de capacitação coordenado pelo Semear Internacional. Com isso queremos fortalecer as relações entre o governo do Brasil e Moçambique, principalmente nos setores agropecuários”, declarou.

A comitiva é formada por profissionais ligados ao Projeto de Desenvolvimento de cadeias de Valor nos Corredores de Maputo e Limpopo (PROSUL – Moçambique), apoiado pelo Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU). Neste intercâmbio terão contato com atividades agrícolas praticadas no projeto Viva o Semiárido (PI), além de conhecerem iniciativas da Embrapa Semiárido, em Pernambuco, e Embrapa Mandioca, na Bahia.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink