Pintos de corte: produção de janeiro não teve nada de anormal

Pintos de corte

Pintos de corte: produção de janeiro não teve nada de anormal

Levando em conta, de um lado, que a média de pintos de corte produzida em 10 dos 12 meses de 2018 foi inferior a 500 milhões de cabeças
Por:
433 acessos

Levando em conta, de um lado, que a média de pintos de corte produzida em 10 dos 12 meses de 2018 foi inferior a 500 milhões de cabeças (cerca de 497 milhões entre fevereiro e novembro/18) e, de outro lado, que o comportamento do mercado contradiz o aumento de produção, alguns setores da avicultura de corte questionam o volume apontado para janeiro - perto de 556 milhões de pintos de corte – e chegam a afirmar que está cerca de 10% acima da produção efetiva.

Porém, analisado o comportamento histórico do setor, conclui-se que os (quase) 556 milhões de pintos de corte de janeiro de 2019 não têm nada de anormal, muito pelo contrário. Inicialmente, porque são ainda inferiores (-0,20%) ao que foi produzido um ano antes ou, mesmo, a janeiro de 2016 (três anos atrás!),ocasião em que foram superados os 560 milhões de cabeças.

Mas o que reforça a normalidade do volume divulgado é o fato de a produção de janeiro de 2019 corresponder apenas ao nono maior volume já produzido pelo setor. Ou, tomando como base o recorde há tempos registrado e até hoje não superado – 581,6 milhões de pintos de corte em outubro de 2015 – 40 meses depois o volume produzido foi 4,5% inferior.

Vale observar, por fim, que o maior aumento de produção do período ocorreu não em janeiro, mas no mês anterior, como mostra matéria de hoje relativa à produção de pintos de corte no primeiro mês de 2019. Ou seja: considerada a produção média diária, o incremento mensal, em janeiro, foi de apenas 1,62%. Já de novembro para dezembro de 2018 a média diária produzida registrou aumento de, praticamente, 7%.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink