Pintos de corte registram fortíssima desaceleração no primeiro mês de 2012

Agronegócio

Pintos de corte registram fortíssima desaceleração no primeiro mês de 2012

Por:
654 acessos
Dados divulgados pela APINCO no final da semana passada apontam que, após ter atingido volume recorde expressivo no final de 2011 – 550,2 milhões de cabeças no mês de dezembro – a produção brasileira de pintos de corte apresentou fortíssima desaceleração.


Janeiro de 2012, conforme a entidade, fechou com um volume aquém de 515,5 milhões de cabeças, apresentando redução de 6,3% em relação ao mês anterior. Comparativamente ao mesmo mês de 2011 o volume produzido aumentou 3,23%, registrando o segundo menor nível de expansão em seis meses.


A ressaltar, ainda, que em termos reais (isto é, considerado o número de dias do mês), essa foi também a segunda menor produção registrada desde fevereiro de 2011, portanto, em 12 meses. Nesse espaço de tempo, o resultado de janeiro ficou acima, somente, da produção de julho/11, quando o volume produzido foi de 501,9 milhões de cabeças.




Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink