Plantio de milho perde força no Rio Grande do Sul

Agronegócio

Plantio de milho perde força no Rio Grande do Sul

Mesmo assim o plantio mantém-se acima da média histórica do período
Por: -Redação
1 acessos

A lavoura do milho, mesmo avançando na etapa de plantio em 3% no Rio Grande do Sul, sofreu uma desaceleração na semana, mesmo assim mantém-se acima da média histórica do período. A fase de floração já atinge os 7% em razão do

plantio efetivado no cedo. As condições das lavouras são boas no Estado, favorecidas pelas condições meteorológicas, até este momento. A cultura vem apresentando boa área folhar, com boa coloração verde escura, bom stand de sanidade e muito bom potencial produtivo.

Nesse último período, os produtores aproveitaram o tempo mais seco e prosseguiram na realização dos tratos culturais, combate a lagarta do cartucho e, aproveitando a umidade existente, realizaram a aplicação de nitrogênio em cobertura. O milho, na semana, foi o segundo produto, dentro do Acompanhamento Semanal da Emater/RS-Ascar, que mais evoluiu em preço, 3.99% em relação aos valores da semana anterior, ficando a saca de 60 kg em R$ 15,89, mas com poucos negócios realizados em decorrência dos pequenos volumes ofertados. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink