PNDS inicia ciclo de ações em Passo Fundo, no Rio Grade do Sul

Agronegócio

PNDS inicia ciclo de ações em Passo Fundo, no Rio Grade do Sul

Localizada na região norte do estado e com mais de 200 mil habitantes, a cidade de Passo Fundo receberá nos próximos dias grande parte das ações do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS)
Por:
825 acessos
Iniciativa inclui curso de cortes suínos, palestras para nutricionistas e estudantes

Localizada na região norte do estado e com mais de 200 mil habitantes, a cidade de Passo Fundo receberá nos próximos dias grande parte das ações do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), a maioria delas concentradas na Universidade de Passo Fundo. Na próxima quarta-feira (27-10), a partir das 8h, estudantes da UPF conhecerão um pouco mais sobre a realidade da suinocultura atual e também as qualidades da carne suína para a saúde humana, por meio da palestra “Um novo olhar sobre a carne suína: uma janela de oportunidades”, ministrada pelo consultor de comunicação e marketing do PNDS, Fernando Barros, junto ao diretor executivo do PNDS no Rio Grande do Sul, Rodrigo Rizzo. À noite, no mesmo local, às 19h30min, será realizada nova palestra, para alunos do período noturno.

Já no dia 28 de outubro, no Centro de Estudos e Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro) da Universidade, ocorrerá o curso de cortes suínos no período da manhã e tarde, ministrado por dois grandes consultores: Daniel Furtado, mestre açougueiros responsável por grande parte dos cortes da Campanha de divulgação da carne suína e também o consultor em cortes de carnes do Sebrae/RS, Marcelo Conceição, conhecido também como Bolinha.

Dando continuidade ao ciclo de ações, acontece na sexta-feira no Anfiteatro da Faculdade de Medicina da UPF, às 14h, a palestra da Doutora em Ciência de Alimentos, Neura Bragagnolo, para nutricionistas da rede hospitalar, professores da UPF e formandos da faculdade de nutrição, abordando questões relativas da análise comparativa de valores nutricionais de produtos de origem animal.

Para finalizar, o gastroenterologista-chefe do departamento de endoscopia do Hospital Israelita Albert Einstein de São Paulo, Dr. Arnaldo José Ganc, realizará palestra no dia 08 de dezembro, também em Passo Fundo, onde explica que as causas responsáveis pela rejeição à carne suína são históricas e ainda aborda questões relativas à digestão da carne suína, seus mitos e verdades.

Segundo Lívia Machado, coordenadora do PNDS no país, “as ações propostas para a região de Passo Fundo vão colaborar com o PNDS porque representam uma oportunidade direta de ampliação do consumo doméstico da carne suína, por ser uma região Pólo, as ações serão realizadas para que a população conheça o potencial e as características da carne suína” destaca. Ainda segundo a coordenadora, a realização de palestras para estudantes, professores e médicos ligados diretamente a área da saúde faz parte da estratégia de quebrar paradigmas criados em prol da carne suína, que é hoje produzida de forma altamente tecnificada, com responsabilidade social e seguramente uma das proteínas mais saudáveis para consumo.
As informações são da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos - ABCS.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink