Pode haver agricultura sem agricultores?
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
PUBLICAÇÃO ARGENTINA

Pode haver agricultura sem agricultores?

A agricultura tem mais de 10.000 anos e é a base sobre a qual as civilizações se desenvolveram
Por: -Leonardo Gottems

Levantamento divulgado há algum tempo pela consultoria  Gioacobbe & Asociados conclui que uma parcela importante da sociedade classifica a agricultura como um setor baseado no uso de recursos naturais, com pouca preocupação ambiental e que busca maximizar o seu próprio benefício. Porém, de acordo com o La Nación, da Argentina, a agricultura tem uma visão diferente de si mesma, se define como produtora de alimentos e como um setor que cria valor para a economia local, gera empregos e investe todos os anos independente do cenário econômico, e onde a inovação e a sustentabilidade têm mais relevância todos os dias. 

“Para tentar reunir essas opiniões, que em princípio são diferentes,  poderíamos imaginar um mundo sem agricultura e sem agricultores.  Sem dúvida, esse seria um grande desafio, pois teríamos que responder a várias realidades que vão além da perda de divisas para países agroexportadores como a Argentina. Entre outros,  devemos resolver como apoiaríamos quase 2 bilhões de pessoas que hoje estão economicamente relacionadas à atividade agrícola em nível global ; Como seriam compensadas as lacunas alimentares que hoje são supridas pela produção de excedentes exportáveis de algumas regiões para outras que precisam; ou como poderíamos compensar a falta de certos materiais para abrigo, construção, energia e elementos sanitários”, indica o La Nación. 

A agricultura tem mais de 10.000 anos e é a base sobre a qual as civilizações se desenvolveram e as economias foram construídas. “A faculdade do consumidor de decidir como e o que comer será o fator mais importante a cada dia na definição do norte da agricultura em termos produtivos . É importante abrir as portas e falar ao público em geral sobre como são produzidos os alimentos, para encontrar pontos de entendimento que maximizem os benefícios de toda a sociedade e também vinculem o propósito da agricultura ao dia a dia dos consumidores”, conclui o texto. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.