Política Nacional da Erva-Mate é sancionada

Erva-Mate

Política Nacional da Erva-Mate é sancionada

Erva-mate é o principal produto florestal não madeireiro da Região Sul e gera renda para 180 mil produtores familiares
Por: -Aline Merladete
137 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei n° 13.791, de autoria do deputado Afonso Hamm, que dispõe sobre a Política Nacional da Erva-Mate. O ato foi publicado no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (04/01), de 3 de janeiro de 2019.

De acordo com Hamm, o objetivo da nova legislação é fomentar a produção sustentável, elevar o padrão de qualidade, apoiar e incentivar o comércio de erva-mate (Ilex paraguariensis) do Brasil.

A lei prevê medidas como a oferta de linhas de crédito e o financiamento em condições favoráveis para a produção, industrialização e comercialização do produto.

Ainda está prevista assistência técnica e extensão rural de qualidade, especialmente aos agricultores familiares e aos pequenos e médios produtores, além de estímulos e investimentos em inovação tecnológica da produção e da industrialização, com foco no aumento da produtividade e da qualidade e na ampliação do mercado consumidor.

A erva-mate é o principal produto florestal não madeireiro da Região Sul e gera renda para 180 mil produtores familiares, numa cadeia produtiva que responde por 700 mil postos de trabalho e tem cerca de 700 empresas beneficiadoras.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink