Porto de Paranaguá supera recorde na importação de fertilizantes

Agronegócio

Porto de Paranaguá supera recorde na importação de fertilizantes

O recorde na importação de fertilizantes acompanha o ritmo das exportações de granéis
Por:
3700 acessos
A importação de fertilizantes pelos portos de Paranaguá e Antonina atingiu recorde histórico no primeiro quadrimestre deste ano. De janeiro a abril, entraram pelos portos paranaenses 3,05 milhões de toneladas de fertilizantes. O número ultrapassa em 27% o recorde registrado nos quatro primeiros meses de 2008, quando os portos paranaenses importaram 2,4 milhões do produto.

De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, as melhorias que estão sendo feitas no Porto de Paranaguá permitem que navios de maior capacidade operem no terminal. “Estamos apenas começando a implantar nossos projetos de melhoria que estão previstos para os portos de Paranaguá e Antonina. A dragagem, realizada no início do ano, possibilitou que conseguíssemos atingir estes bons números porque melhoramos as condições técnicas de operação do Porto. Agora, com a aprovação do EIA/RIMA, será possível melhorar ainda mais, com a dragagem de aprofundamento”, disse.

O recorde na importação de fertilizantes acompanha o ritmo das exportações de granéis. Os navios que trazem os fertilizantes voltam à origem carregados de granéis, completando o ciclo de comércio marítimo. “Esta é a real finalidade de um porto: tornar-se um bom instrumento que permite operações em duas vias, na importação e na exportação de produtos. Temos melhorado nosso desempenho, o que está permitindo alcançar estes recordes, tanto na exportação de grãos e na importação de fertilizantes”, disse o superintendente da Appa, Airton Vidal Maron.

A determinação do governador Beto Richa, em melhorar a capacidade operacional dos portos paranaenses, tem balizado as ações da administração portuária. Para atender à crescente demanda por fertilizantes, a Appa está atracando, simultaneamente, até cinco navios para descarga do produto, apesar de existirem no cais comercial apenas dois berços preferenciais à movimentação de fertilizantes. Fora isso, o Porto dispõe ainda do terminal Fospar, exclusivo para movimentação de fertilizantes e o terminal da Ponta do Félix, em Antonina, também está movimentando fertilizantes em dois berços de atracação.

O Porto de Paranaguá é líder nacional na importação de fertilizantes. Em 2010, os portos de Paranaguá e Antonina importaram aproximadamente 50% de todo fertilizantes no Brasil.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink