Porto de Santos registra novo recorde para o mês de maio
CI
Agronegócio

Porto de Santos registra novo recorde para o mês de maio

Por:

O Porto de Santos registrou novo recorde mensal para o mês de maio. O porto ultrapassou, pela primeira vez, a marca de cinco milhões de toneladas de cargas movimentadas em um mês do primeiro semestre do ano. A partir desses dados, a Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP) projeta um movimento anual próximo a 50 milhões de toneladas.

Mais especificamente, foram 5.143.484 toneladas movimentadas em maio de 2003, contra as 4.693.535 toneladas, registrado no mesmo mês do ano passado (aumento de 9,59%).

As cargas de exportação foram responsáveis pela performance, com 19,12% acima da quantidade movimentada no mesmo período do ano passado. Já as mercadorias de importação mostram uma queda de 6,89%. Com os dados de maio, a movimentação acumulada do ano no porto de Santos cresceu 15,07%. O crescimento das exportações no mesmo período foi de 22,94%, enquanto que o das importações foi de 3,88%.

O Presidente da Codesp, José Carlos Mello Rego disse que medidas emergenciais vêm sendo tomadas para que o porto apresente uma infra-estrutura adequada para atender com eficiência os clientes. "Entretanto, é absolutamente indispensável planejar a ampliação de suas instalações, a fim de assegurar que todo o conjunto de medidas que a empresa tem em andamento para ampliar o mercado do Porto de Santos seja sustentado por uma base física que permita incrementar o movimento de cargas ainda mais", afirmou .

O que foi movimentado - os sólidos a granel foram o destaque no movimento de cargas em maio, no porto de Santos. Foram movimentadas 2.621.086 toneladas, marca seguida pela movimentação de carga geral, com 1.466.300 toneladas e os líquidos a granel com 1.056.098 toneladas.

As melhores marcas, em relação a maio do ano passado, ficaram por conta das cargas de exportação, com destaque para a soja em grão que cresceu 55,17%, o óleo diesel com 565,31% e o óleo combustível com 168,78%. Já na importação destacaram-se o adubo com crescimento de 29,94%, o sal com 47,38% e o trigo com 17,37%. Nos dois fluxos, a carga conteinerizada ainda apresenta crescimento significativo, ampliando o movimento em 22,67% (em TEUs).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.