PR define procedimentos para participação de agricultores no Programa Mais Alimentos
CI
Agronegócio

PR define procedimentos para participação de agricultores no Programa Mais Alimentos

A primeira ação que o agricultor interessado em obter a linha de crédito é preencher o pré-cadastro nas agências do Banco do Brasil
Por:
Os primeiros passos para o pequeno agricultor que quiser participar do Programa Mais Alimentos foram definidos nessa quarta-feira (15), na Secretaria da Agricultura e do Abastecimento. Lançado pelo governo federal, em julho deste ano, como parte do Plano Safra 2008/09, o programa pretende alcançar 18 milhões de toneladas em excedente de produção até 2010, principalmente nas culturas de leite, milho, feijão, arroz, mandioca, trigo, aves, café, frutas e cebola.

Praticamente 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros são produzidos pela agricultura familiar. Para o secretário da Agricultura, Valter Bianchini, é necessário organizar a demanda dos agricultores familiares, fazer um bom projeto e prestar assistência técnica. “Essa área é prioritária”, afirmou.

A primeira ação que o agricultor interessado em obter a linha de crédito do programa é preencher o pré-cadastro nas agências do Banco do Brasil. Depois de aprovado o documento é encaminhamento pela instituição financeira, aos sindicatos e serão analisados pela Emater-PR ou por cooperativas técnicas, que vão elaborar um projeto com o perfil da propriedade.

O encontro também contou com a participação de representantes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul (Fetraf-Sul), do Banco do Brasil, da Emater-PR e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), no Paraná. O presidente da Fetraf-Sul, Marcos Rochinski, garante que trabalhar em conjunto com o Governo do Paraná, e instituições como o Banco do Brasil é de grande importância para entidades que representam os agricultores. “É importante esse trabalho entre nós da federação e das entidades do governo estadual e federal. Quem sai ganhando é o agricultor familiar, que receberá um processo de crédito mais elaborado e qualificado”, finalizou.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.