Agronegócio

Praga põe em risco exportação de frutas

Uma mosca exótica virou o centro de uma queda-de-braço entre Brasil e França
Por: -Bettina Barros
7 acessos
Uma mosca exótica, de abdome amarelado e originária do Sudeste Asiático, virou o centro de uma queda-de-braço entre Brasil e autoridades agrícolas francesas. Em questão está um potencial prejuízo de US$ 100 milhões para as exportações de frutas brasileiras atingidas pela praga, cujo primeiro foco foi detectado há exatos dez anos no Norte do país.


A mosca-da-carambola (Bactrocera carambolae) chegou ao Oiapoque, no Amapá, pela fronteira com a Guiana Francesa, território francês. Encontrou seu primeiro hospedeiro na carambola, fruta sem grande importância comercial no Estado mas presente na maioria dos quintais amapaenses. Hoje ampliou suas preferências para 11 frutas, entre elas goiaba, graviola e manga.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink