Agronegócio

Prazo final para inscrição no prêmio Semeando Bem termina em agosto

Concurso bienal realiza em 2016 sua terceira edição
Por:
271 acessos

Falta apenas um mês para o término das inscrições para o Prêmio Semeando o Bem. Criado pelo Instituto Algodão Social (IAS) com o objetivo de premiar e incentivar ações voluntárias de caráter social, ambiental e cultural, desenvolvidas por produtores associados à Ampa (Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão), o concurso bienal realiza em 2016 sua terceira edição.
 
Desde 2012 foram premiadas diversas ações relacionadas às categorias Saúde, Educação, Meio Ambiente, Esporte e Lazer, Cultura, Filantropia, Educação e Segurança Alimentar, e Ações Diferenciadas. Entre as iniciativas premiadas, projetos que estimulam a prática esportiva, a busca por conhecimento, a formação de orquestras e grupos culturais, a criação de hortas e o respeito ao meio ambiente.  Em 2014, também foram agraciadas com o Troféu Honra ao Mérito pessoas responsáveis por alguns projetos que se destacaram ou beneficiadas por eles.
 
Por meio da supervisora de Sustentabilidade, Marcelma Maciel, e do técnico de Segurança do trabalho, Marcos Martinelli, a Comissão Organizadora da premiação tem visitado as fazendas dos colaboradores, a fim de incentivá-los a participarem do evento.
 
Segundo Gustavo Piccoli, presidente da Ampa e IAS, os produtores de algodão de Mato Grosso são referência no cumprimento das leis trabalhistas, de segurança do trabalho e da legislação ambiental. "O prêmio Semeando o Bem é um reconhecimento às iniciativas que vão além do que determinam as leis e que reforçam o compromisso dos associados à Ampa com a responsabilidade social”, afirma Piccoli.
 
Os representantes das fazendas interessadas terão até o dia 15 de agosto para formalizar a inscrição no concurso, e deverão fazê-lo por meio de formulário disponível no site do IAS (www.algodaosocial.com.br).  Esclarecimentos e informações sobre o concurso podem ser solicitados por e-mail à Comissão Organizadora (semeandoobem@algodaosocial.com.br) ou pelos telefones (65) 3322.0001/3623.8667/3622.2530 com Marcelma Maciel e Marcos Martinelli.
 
Conforme o diretor executivo do IAS, Félix Balaniuc, as fazendas poderão inscrever mais de um projeto, desde que sejam encaminhadas para categorias e subgrupos distintos. "Hoje se fala muito em sustentabilidade e no compromisso socioambiental dos produtores. O objetivo principal do projeto Semeando o Bem é sensibilizar e conscientizar o produtor sobre os reflexos positivos das ações socioambientais desenvolvidas em suas fazendas, as quais elevam a qualidade de vida dos colabores e seus familiares e, por consequência aumentam os índices de produtividade das fazendas. O empregado satisfeito produz mais.  Com a divulgação do prêmio na mídia e na Revista Algodão Social 2017, queremos dar maior visibilidade aos projetos do bem", explica Balaniuc.
 
O anúncio dos finalistas da premiação será feito até 30 de setembro e a divulgação dos ganhadores será realizada durante cerimônia programada para dezembro. Todos os projetos vencedores e finalistas serão apresentados na publicação "Algodão Social 2017", conforme prevê o calendário do concurso.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink