Prazo para inscrição de projetos de ATER para Mulheres Rurais termina dia 11 de dezembro
CI
Agronegócio

Prazo para inscrição de projetos de ATER para Mulheres Rurais termina dia 11 de dezembro

As ações devem beneficiar mulheres agricultoras familiares, extrativistas, quilombolas, pescadoras artesanais ou indígenas
Por:
Termina no dia 11 de dezembro o prazo para envio de projetos da chamada pública do Ministério do Desenvolvimento Agrário para órgãos ou entidades públicas ou privadas prestarem Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) nos estados do Rio Grande do Sul, Pará, Acre, Goiás, Amazonas, Rio de Janeiro e Tocantins.


As ações devem beneficiar mulheres agricultoras familiares, extrativistas, quilombolas, pescadoras artesanais ou indígenas. Com esta iniciativa, serão atendidas 1.680 mulheres rurais. O edital é voltado para serviços de ATER realizados exclusivamente nos municípios que compõem os Territórios da Cidadania Médio Alto Uruguai, no Rio Grande do Sul, Baixo Tocantins, no Pará, Alto Acre e Capixaba, no Acre, Vale do Rio Vermelho, em Goiás, Baixo Amazonas, no Amazonas, Noroeste Fluminense, no Rio de Janeiro, e Jalapão, em Tocantins.


Serão selecionadas entidades para prestarem ATER para mulheres rurais, preferencialmente, organizadas em grupos produtivos, por meio de atividades individuais e coletivas, com vistas ao fortalecimento da produção agroecológica.
Os serviços de ATER que serão contratados por esta Chamada devem seguir os princípios da Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER). As iniciativas devem abranger, dentre outros serviços, atividades sobre os temas políticas públicas para mulheres rurais, gênero, trabalho doméstico e de cuidados; elaboração de projetos de acesso ao PAA, PNAE e Pronaf e Pronaf Mulher; e manejo agroecológico.


Para garantir a participação das beneficiárias e de suas organizações produtivas nas atividades coletivas, a contratada deverá assegurar recreação infantil com duração igual ao período da atividade coletiva correspondente. As ações de recreação devem ser baseadas no uso de material pedagógico adequado a cada faixa etária, incluindo jogos alternativos e educativos, jogos de montar, quebra-cabeças, blocos de formas e outros que estimulem a capacidade criativa e cognitiva das crianças.


Acesse aqui o edital. (http://www.mda.gov.br/portal/arquivos/view/chamadas-ater/chamadas-2011/chamada_publica_06_2011.pdf)

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.