Preço da arroba do boi gordo subiu 7,2% em Barretos-SP desde o início do ano

Agronegócio

Preço da arroba do boi gordo subiu 7,2% em Barretos-SP desde o início do ano

Em São Paulo, as programações de abate atendem entre três e quarto dias
Por:
632 acessos

A oferta restrita de animais terminados tem feito com que os frigoríficos tenham maior dificuldade em adquirir boiadas, fator que tem dado firmeza aos preços no mercado do boi gordo.

Em São Paulo, as programações de abate atendem entre três e quarto dias, havendo casos de escalas mais apertadas. Considerando a média de todas as regiões pesquisadas pela Scot Consultoria, houve aumento de 0,5% nas cotações do macho terminado, à vista, desde o início deste ano.

Destaque para as praças de Barretos-SP e Cuiabá-MT, que tiveram valorizações de 7,2% e 7,1%, respectivamente, no período.

A dificuldade de escoamento da carne no mercado atacadista colabora com o estreitamento das margens de comercialização das indústrias frigoríficas, mantendo-as em níveis historicamente baixos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink