Preço da borracha deve cair a partir de agosto
CI
Agronegócio

Preço da borracha deve cair a partir de agosto

Associação alerta que baixa deve girar em torno de 14%
Por:
Associação alerta que baixa deve girar em torno de 14%
 
Com o início da safra de borracha na Ásia e o aumento da oferta da matéria-prima, o preço da borracha deve cair no Brasil a partir do mês de agosto. Hoje, a usina vende a borracha beneficiada a R$ 7,65 por quilo e a projeção é de que o preço de venda caia para R$ 6,58. Já o preço pago ao produtor pelo peso no campo, que hoje está na casa dos R$ 2,90 pode abaixar para até R$ 2,45 por quilo.
 
Outro fator que interfere no preço da borracha é o fato de o mercado mundial estar passando por um momento de desaceleração do consumo, ocasionado pela crise financeira na Europa, e desaquecimento da economia na China, o maior consumidor de borracha do mundo.
 
“Não temos uma previsão exata de quanto tempo vai durar a baixa nos preços. O que a gente espera é que, com a entressafra da Ásia, mesmo período em que começa a safra brasileira, possamos ter uma alta novamente. Isso pode acontecer a partir de dezembro”, explica, Heiko Rossmann, diretor executivo da Associação Paulista de Produtores e Beneficiadores de Borracha (Apabor).
 
Como a safra de borracha está terminando no Brasil, a queda no valor do quilo pode não ter muito significado, já que o país não terá oferta de produto neste momento. “A orientação é que o produtor se volte para o seringal e busque uma maior produtividade”, acrescenta o executivo.
 
Como as usinas não terão matéria-prima para beneficiar durante a entressafra, é importante realizar investimentos no parque industrial para diminuir o custo de beneficiamento. Hoje, as usinas brasileiras já têm um valor bom, se gasta cerca de R$ 0,90 por quilo de borracha seca.
 
“Quem pretende iniciar um plantio neste momento pode trabalhar tranquilamente, pois a tendência de oferta menor do que o consumo deve permanecer durante os próximos anos”, finaliza Rossmann.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink