Preço da soja segue em queda no Brasil

MERCADO FÍSICO

Preço da soja segue em queda no Brasil

Colheitas tanto da soja como do milho de verão 2019 avançaram significativamente
Por: -Leonardo Gottems
2036 acessos

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a terça-feira (16.04) com preços médios da soja em queda de 0,50% sobre rodas nos portos do Sul do país, a R$ 76,86/saca, elevando as perdas de abril para 1,09%. No interior o preço médio caiu um pouco menos, 0,44%, para R$ 71,61/saca, mas as perdas do mês aumentaram para 1,24%.

A T&F Consultoria Agroeconômica destaca o relatório de acompanhamento das lavouras divulgado nesta terça-feira pelo Deral-PR (Departamento de Economia Rural do Paraná). O boletim registrou que, para a soja, já foram colhidos 98% dos 5,4 milhões de hectares (Mha) plantados, equivalentes a aproximadamente 5,3 Mha. 

“Em relação ao volume, os produtores paranaenses irão colher nesta safra aproximadamente 16,1 milhões de toneladas, quantidade que é 18% inferior ao estimado no início da safra. Eventos climáticos prejudicaram a cultura praticamente durante todo o ciclo, o que causou uma redução de aproximadamente 3,5 milhões de toneladas. Em comparação com a safra anterior, houve um recuo de 16% quando comparada com os cerca de 19,2 milhões de toneladas colhidos no ano de 2018”, afirma Marcelo Garrido, técnico do Deral.

No nível nacional, ainda nesta terça-feira a Datagro Consultoria apontou que as colheitas tanto da soja como do milho de verão 2019 avançaram significativamente no Brasil essa semana. Na oleaginosa, os trabalhos de campo chegaram a 88,9% da área projetada, com razoável avanço de quase seis pontos percentuais sobre os 83,0% registrados na semana anterior. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink