Preço da soja volta a subir nos EUA

ANÁLISE AGROLINK

Preço da soja volta a subir nos EUA

Acidente na Argentina elevou as cotações do farelo, puxando as do grão
Por: -Leonardo Gottems
497 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (25.04) uma alta de 5,25 centavos de Dólar no contrato de Maio/18, fechando em US$ 10,275 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 5,25 e 5,50 pontos.

Após se estabilizar, o mercado norte-americano da soja voltou a registrar ganhos nos principais contratos futuros. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, um acidente com um navio que iria carregar milho e farelo de soja no maior terminal exportador da Argentina elevou as cotações do farelo, puxando as do grão: “A alta só não foi maior porque Trump anunciou a possibilidade de entendimento com a China, no caso da soja”. 

Segundo a Consultoria AgResource, o mercado “achou um piso” ao longo das sessões operando na alta especulada por melhores perspectivas do embate comercial vigente dos Estados Unidos e da China: “Progressos tem sido observado no lobby político entre a administração de Trump e Xi Jinping. Ainda é cedo para afirmar qualquer progresso em um fu­turo acordo comercial entre as nações, porém passos tem sido dado em direção às negociações”. 

“Além do mais, um cargueiro colidiu com as docas de exportação do porto de Rosário na Argentina, ajudando no suporte aos preços, uma vez que o ritmo de exportação deve desacelerar na região, nestes próximos dias. No Brasil, a colheita nacional da soja está próxima de um fim. A grande maioria das regiões sojicultoras prin­cipais no país já estão com as atividades de colheita encerradas para este ano safra 17/18. Até esta semana, foi colhido 94% da área total, contra 96,1% no mesmo período de 2017 e 95,3% na média dos últimos 5 anos”, concluem os analistas da ARC. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink