Preço do algodão cai ainda mais em Mato Grosso
CI
Agronegócio

Preço do algodão cai ainda mais em Mato Grosso

Indústrias estão retraídas e esperam a chegada da nova safra
Por:
 

Devido principalmente à baixa liquidez do mercado, e a desvalorização do câmbio, o mercado interno de Mato Grosso manteve o mesmo ritmo das últimas semanas, registrando ainda mais quedas nas cotações. Principalmente por possuir pluma em seus estoques, as indústrias estão retraídas, esperando a chegada da nova safra, que deve trazer queda nos preços devido à sazonalidade. Cotada a R$ 61,80/@ em Campo Verde e R$ 61,00 em Sapezal, o mercado fica na expectativa do andamento da safra dos Estados Unidos, segundo dados do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).


As condições de atraso na semeadura registradas nas lavouras norte-americanas foram o principal fator nas elevações registradas na Bolsa de Mercadorias de Nova Iorque. Além disso, o Conselho Nacional de Algodão dos EUA diminuiu a estimativa de produção estadunidense para a safra 2014/15 em 6,8%, totalizando 3,3 milhões de toneladas. 


O motivo de tal quebra é a seca registrada no Texas, Estado que ocupa com folga a posição de maior produtor dos Estados Unidos, e deve semear 2,6 milhões de hectares na atual safra. No entanto a estimativa ainda é de 19% de aumento em relação à safra passada, que foi de 2,8 milhões de toneladas. Com isso, o quadro é otimista para os produtores do Brasil, e principalmente de Mato Grosso, já que a paridade de exportações é um importante fator na formação dos preços internos.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink