Preço do farelo de soja não pressionou os custos de produção

Agronegócio

Preço do farelo de soja não pressionou os custos de produção

Ao contrário do que ocorreu com o milho, o alimento ficou cotado próximo da média de 2010, de R$681,00
Por:
1099 acessos
O preço médio do farelo de soja ficou em R$683,00 por tonelada em 2011 em São Paulo.

Ao contrário do que ocorreu com o milho, o alimento ficou cotado próximo da média de 2010, de R$681,00.

A produção nacional cresceu 6,5% em 2011 em relação a 2010, totalizando 28,4 milhões de toneladas.

O consumo interno também cresceu 6,5%.

Do lado das exportações, o incremento nos embarques brasileiros foi de 6,8% no período.

No caso dos demais farelos e caroço de algodão, os preços tiveram pouca alteração em relação a 2010.

Nas regiões onde a oferta foi maior, principalmente para os subprodutos do algodão, cuja área plantada e produção aumentaram em 2010/2011, houve queda de preço.

Para 2012 a expectativa é de aumento da produção brasileira de farelo de soja.

A produção deve crescer 2,5% em relação a 2011, totalizando 28,5 milhões de toneladas, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (ABIOVE).

O consumo interno por sua vez crescerá 3,0% e as exportações brasileiras de farelo de soja aumentarão 1,8% em 2012 frente a 2011.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink