Preço do milho recua 1,2% em Chicago
CI
Agronegócio

Preço do milho recua 1,2% em Chicago

Por:

Cotação cai com clima favorável às lavouras norte-americanas. O clima favorável às lavouras americanas de milho provocou queda de 1,2% dos preços ontem, na Chicago Board of Trade (CBoT). Os contratos para setembro fecharam a 235,50 centavos de dólar por bushel.

Após o fechamento do pregão, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou seu relatório semanal de andamento das lavouras. Confirmando estimativas do mercado, 73% das plantações estão em condições consideradas de boas a excelentes, dois pontos percentuais à frente do apurado na semana anterior.

Além disso, os registros de exportação de milho dos Estados Unidos ficaram 13% abaixo dos 26,8 milhões de bushels (680,7 mil toneladas) registrados na semana anterior, informa o USDA.

Na Argentina, a colheita da safra de milho continua de vento em popa. Até a sexta-feira passada, 92% da safra tinha sido colhida, ante 88% registrados em igual período do ano passado, segundo a secretaria de Agricultura do país. Dos 3,06 milhões de hectares plantados, 755,04 mil foram perdidos em razão de problemas climáticos. A produtividade projetada é de 6,7 toneladas por hectare (111,6 sacas por hectare). A secretaria prevê que a produção será de 15 milhões de toneladas de milho, enquanto o USDA fala em 15,5 milhões de toneladas. A bolsa de cereais de Buenos Aires prevê 15,8 milhões de toneladas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.