Preço do milho volta a subir no RS

Agronegócio

Preço do milho volta a subir no RS

Indústria aponta que preço do cereal é superior ao levantado pela Emater
Por:
3219 acessos
O preço médio do milho ao produtor voltou a subir nesta semana no RS, segundo pesquisa feita pela Emater nas principais regiões produtoras. De acordo com os dados, os agricultores receberam R$ 25,02 pela saca, o que representa alta de 0,36% em relação ao levantamento anterior. O valor é contestado por indústrias dos setores avícola e suinícola, principais consumidores do grão usado para ração animal. O diretor executivo do Sips, Rogério Kerber, alega que não existe disponibilidade de milho no Estado por este preço. Segundo o diretor executivo da Asgav, José Eduardo dos Santos, as empresas estão pagando R$ 31,50. O agrônomo Dulphe Pinheiro Machado esclarece que a Emater tabula só o preço pago ao produtor, não considera os valores praticados por fornecedores da indústria.

Conforme o economista e consultor da Fecoagro, Tarcisio Minetto, os intermediários são, em sua maioria, cooperativas e cerealistas que compram a safra na propriedade rural e revendem às empresas, sendo este o fator para a diferença de preços. Ele explica que o intermediário cobra mais caro para cobrir custos de frete, armazenagem, secagem e desconto do Funrural, tributo cobrado sobre o resultado bruto da comercialização rural. Santos reconhece que o beneficiamento é oneroso, mas reclama do valor muitas vezes adicionado pelos fornecedores.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink