Preço fixo 'blinda' produtor de laranja paranaense
CI
Agronegócio

Preço fixo 'blinda' produtor de laranja paranaense

Por:
Com uma área plantada de 23,9 mil hectares, o Parará deverá produzir até dezembro, período de encerramento da colheita, 700 mil toneladas da fruta, 20 mil toneladas a mais do que no ano passado. Paulo Andrade, engenheiro agrônomo do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), afirma que neste o Paraná terá uma supersafra de laranja.


Devido a essa elevada oferta, os preços da laranja vêm caindo. Do início de 2011 até agora, o valor da caixa passou de R$ 10,67 para R$ 10,18. Mesmo com a depreciação no valor da laranja, Andrade frisa que os produtores paranaenses estão respaldados pelos contratos já firmados com cooperativas e indústrias, ''diferente do que vem ocorrendo em São Paulo, cuja situação é de perdas'', completa o agrônomo. Ribeiro, consultor em citricultura, afirma que só a Louis Dreyfus, que adquiriu recentemente a fábrica de sucos da Cocamar em Paranavaí, estabeleceu um contrato com os produtores que fixou o preço da caixa ao produtor a US$ 4,8. ''Esse valor está salvando a nossa citricultura, pois traz uma certa rentabilidade ao produtor na hora da negociação'', comemora o especialista.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink