CI

Preços do café arábica e robusta têm fortes oscilações

No último mês, os preços do café arábica tiveram movimentos turbulentos, refletindo a ansiedade do mercado diante das incertezas climáticas


Foto: Pixabay

No último mês, os preços do café arábica tiveram movimentos turbulentos, refletindo a ansiedade do mercado diante das incertezas climáticas e da produção nacional. Os dados mais recentes do Cepea revelam que, embora o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, bebida dura para melhor, tenha apresentado uma variação modesta no acumulado de janeiro, as flutuações diárias foram notáveis. Os valores oscilaram entre uma mínima de R$ 962,99 por saca de 60 kg, registrado em 18 de janeiro, e uma máxima de R$ 1.015,15 por saca, alcançada em 23 de janeiro. 

De acordo com os especialistas do Cepea, a falta de clareza sobre a oferta da safra 2024/25 no Brasil e em outros países produtores tem mantido os operadores em alerta, contribuindo para as variações bruscas nos preços. Enquanto isso, o café robusta tem experimentado um aumento expressivo nos valores, impulsionado por um cenário de oferta mais restrita e consolidada.

O Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, peneira 13 acima, registrou um notável avanço de 9,6% ao longo do primeiro mês do ano, até o dia 29. Em comparação com janeiro do ano anterior, a valorização chega a expressivos 17%. Esses números destacam a dinâmica volátil do mercado cafeeiro, onde fatores como clima, oferta e demanda global influenciam diretamente nos preços.

Assine a nossa newsletter e receba nossas notícias e informações direto no seu email

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.