Preços do milho subiram mais de 70% em 2020
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO

Preços do milho subiram mais de 70% em 2020

2021 tem tudo para ser igual
Por: -Leonardo Gottems

Os preços do milho subiram 70,88% durante o ano de 2020 no Brasil e cerca de 24,8% na Bolsa de Chicago, segundo informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. A Consultoria indicou que aquele agricultor que aguardou o preço, conseguiu um lucro adicional de 40% e, se foi um investidor na B3, transformou algo como R$ 1.400,00 em robustos R$ 20.000,00. 

“Mas, no mercado físico de lotes, os preços chegaram a R$ 90,00 no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, dois estados que tem forte demanda devido à sua grande produção de carnes. Com a boa produção do Mato Grosso do Sul, que barateou os preços locais, os preços do milho nestes dois estados do extremo Sul tiveram os seus preços reduzidos para algo ao redor de R$ 71,00/saca, voltando a subir na segunda quinzena de dezembro sem, contudo, atingir os níveis mais altos do ano”, comenta. 

Sendo assim, a TF acredita que o ano de 2021 tem tudo para ser extremamente lucrativo para os agricultores, assim como foi 2020, ou até um pouco mais, porque vendeu volumes maiores a preços elevados. Como principais orientações, a consultoria cita que é preciso buscar lucratividade, sem correr atrás dos preços.  

“Divida o seu volume produzido em pelo menos cinco lotes e vá fixando à medida que seu lucro pretendido for  atingido.  E  não  se  arrependa,  porque  quem  tem  lucro  constante,  jamais  terá  prejuízo,  ao  contrário daquele que perseguem grandes lucros e que podem ter grandes prejuízos (alguns até perdem a fazenda)”, conclui a TF Consultoria Agroeconômica, com resultados de análises enviadas depois do feriado de ano novo. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink