Agronegócio

Preços em alta e temor a calote fazem BM&F superar meta

Até ontem foram contratados 1,32 milhão de papéis, volume 21,5% superior ao de todo o ano passado
Por: -Neila Baldi
1 acessos

O volume de contratos agropecuários negociados na Bolsa de Mercadoria & Futuros (BM&F) está acima da meta para o ano. Até essa segunda-feira (18-12) foram contratados 1,32 milhão de papéis, volume 21,5% superior ao de todo o ano passado. Com isso, a bolsa espera encerrar 2006 com 1,36 milhão de contratos, 25,9% mais que no ano passado.

"Estamos superando nossa meta, que era de 20%", diz Ivan Wedekin, diretor de Agronegócio e Energia da BM&F. Soja, milho e boi gordo registraram os maiores crescimentos em relação a 2005. Parte do aumento se deveu aos preços internacionais mais altos e, outra, ao medo das empresas não receberem seus produtos, utilizando a Bolsa como garantia.

O maior aumento foi nos contratos da soja: 104%. Até ontem foram negociados 97 mil contratos. No ano passado foram 47,3 mil contratos. Com isso, o produto passa à frente do açúcar, ficando em quarto no ranking dos produtos mais negociados na BM&F.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink