Preços internos, FOB e prêmios recuam com menor demanda

Soja

Preços internos, FOB e prêmios recuam com menor demanda

No campo, 10% da área de soja no Paraná já foi colhida até o dia 14, segundo dados do Deral
Por:
514 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

As cotações da soja recuaram no mercado brasileiro nos últimos dias, segundo pesquisas do Cepea. A baixa esteve atrelada à queda nos prêmios de exportação do grão e também nos valores FOB, devido à possível redução na demanda internacional pela soja brasileira. Este cenário fez com que sojicultores se afastassem das vendas no spot e dessem prioridade ao cumprimento de contratos.

Do lado da indústria, algumas estão recebendo lotes negociados antecipadamente, outras estão em manutenção, à espera da maior entrada de grão para processamento. É interessante analisar que, diante da queda do grão, a Crush Margin, calculada para o embarque fevereiro/19, teve significativo aumento de 35% entre 11 e 18 de janeiro, indo para US$ 43,8/t. Isso indica melhora nas margens das indústrias e aponta uma possível retomada dos esmagamentos nas próximas semanas.

No campo, 10% da área de soja no Paraná já foi colhida até o dia 14, segundo dados do Deral. Em Mato Grosso, o Imea indica que 5,62% da área foi colhida até o dia 11.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink