Prejuízo com a vaca louca nos EUA chega a US$ 11 bilhões
CI
Agronegócio

Prejuízo com a vaca louca nos EUA chega a US$ 11 bilhões

As maiores perdas ocorreram em 2004 e, desde então, vem diminuindo de acordo com a redução das restrições internacionais sobre seu produto
Por:

Os Estados Unidos era o terceiro maior exportador de carne bovina em 2003, até a data da detecção da Encefalopatia Espongiforme Bovina (doença da vaca louca - BSE), que levou vários importadores a cancelarem e restringirem as importações de carne daquele país.

Segundo um estudo realizado pela US Trade Commission (Comissão de Comércio Exterior dos EUA), o prejuízo estimado durante o período de 2004 a 2007 foi de US$11 bilhões de dólares. As maiores perdas ocorreram em 2004 e, desde então, vem diminuindo de acordo com a redução das restrições internacionais sobre seu produto. O custo das tarifas impostas sobre a carne norte-americana foi estimado em US$6,3 bilhões no mesmo período.

Mesmo após o país ser reconhecido pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) como zona de risco controlado de BSE, os representantes da indústria de carne bovina daquele país consideram injustificadas as barreiras existentes para seu produto.

De qualquer forma, o retorno às exportações para países asiáticos e o risco de uma nova onda de desvalorização do dólar frente às principais moedas internacionais pode fortalecer a posição dos Estados Unidos no comércio internacional de carne bovina.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.