Pressão de baixa no mercado do boi gordo surtindo pouco efeito em São Paulo

Boi gordo

Pressão de baixa no mercado do boi gordo surtindo pouco efeito em São Paulo

A pressão de baixa imposta pelas indústrias vem perdendo força
Por:
159 acessos

A pressão de baixa imposta pelas indústrias vem perdendo força. Não está fácil tornar efetivas as ofertas de compra em preços menores. Apesar da demanda fraca, a oferta de gado está restrita e esse é o fator que tem contido as baixas, impedindo recuos mais significativos para a arroba. 

Esse cenário fica mais evidente na praça de São Paulo. No estado, a referência para o boi gordo segue estável há duas semanas e a arroba ficou cotada em R$150,50, à vista, livre de Funrural, na última terça-feira (22/1).

A maioria dos frigoríficos paulistas trabalha com escalas de abate que atendem ao redor de três dias. No restante do Brasil, o mercado está relativamente calmo, com alterações pontuais de preços em algumas praças, mas sem tendência definida.

Nestes últimos dias do mês, a expectativa fica por conta da dificuldade para o escoamento da produção, se ela será suficiente para reduzir as referências para a arroba de maneira mais intensa, frente a esta oferta limitada.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink