Pressão nas cotações da laranja
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
DEMANDA AQUECIDA

Pressão nas cotações da laranja

Disponibilidade de laranjas tende a se elevar com o aumento das chuvas
Por: -Aline Merladete

A demanda por laranja esteve mais aquecida no início desta semana, mas os preços foram levemente pressionados pela maior oferta de frutas de caroço (comuns no período de fim de ano). Além disso, conforme colaboradores do Cepea, a disponibilidade de laranjas tende a se elevar com o aumento das chuvas.

De acordo com boletim informativo do Cepea, na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), o preço médio da pera fechou a R$ 43,75/cx de 40,8 kg, na árvore, recuo de 1,6% em comparação à semana anterior. Vale lembrar que a variedade vinha registrando valorizações semanais consecutivas desde a segunda quinzena de junho.

Quanto à lima ácida tahiti, as cotações recuaram novamente no estado de São Paulo. Mesmo com a influência positiva das chuvas no desenvolvimento, a disponibilidade de frutas miúdas no mercado ainda está alta. Assim, na parcial desta semana, a média é de R$ 23,16/cx de 27 kg, colhida, queda de 15,5% no mesmo período comparativo. Para os próximos dias, a expectativa é de que o volume de frutas graúdas aumente, uma vez que as precipitações devem beneficiar o crescimento e impulsionar a qualidade. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink