PREVISÃO DO TEMPO: quarta-feira chuvosa pelo Brasil
CI
Imagem: Pixabay
AGROTEMPO

PREVISÃO DO TEMPO: quarta-feira chuvosa pelo Brasil

Ciclone em alto mar na costa sul do país, vai influenciar o tempo em parte da região Sul
Por: -Aline Merladete

Para esta quarta-feira (17/02), Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) - uma extensa faixa de nuvens carregadas persiste sobre o Brasil por vários dias consecutivos, cruzando o país sobre parte da região norte, do centro-oeste e do sudeste - mantém a condição para chuvas em boa parte do país.

A presença da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), mantém a condição para chuvas  no norte e no nordeste do Brasil. Com a presença desses dois sistemas, toda a região do Matopiba tem condição para chuvas. E o ciclone em alto mar na costa sul do país, também vai influenciar o tempo em parte da região sul.

Veja como fica o tempo em cada região do Brasil

Região Norte
Uma série de fenômenos atmosféricos favorecem as chuvas na região desde o forte calor e a grande quantidade de umidade disponível, até às instabilidades em grandes altitudes provocadas pela Alta da Bolívia. Com isso, são esperadas pancadas de chuvas em todos os estados da região, sendo estas chuvas de forma mais isolada entre o AC, centro norte do AM, centro sul do RO e na região do Baixo Amazonas no PA. Apesar dessas condições atmosféricas, o tempo no RR será de estabilidade com poucas chances para chuvas. Entretanto, o posicionamento da ZCAS proporciona um tempo mais fechado no norte de RO, na região da Madeira no AM, sul do PA e em todo TO, nessas regiões há condição de chuva a qualquer momento do dia com chance de chuvas volumosas. Além da ZCAS, no PA, a ZCIT também atua e provoca chuvas desde a Ilha de Marajó até o nordeste Paraense.

Região Nordeste
Os dois grandes sistemas mencionados anteriormente, a ZCIT e a ZCAS também favorecem as chuvas na região nordeste. Desta maneira, a ZCIT posicionada ao norte da região, é quem vai provocar as chuvas no centro-norte do MA e centro-norte do PI. Já a posição da ZCAS passando sobre o sul do MA, sul do PI e do oeste ao sul da BA favorece as chuvas nessas regiões. Vale ressaltar também, que o tempo nessas regiões terá uma tendência de ficar mais encoberto, devido à atuação desses dois sistemas. Ao passo que, a presença de instabilidades nas partes mais altas da atmosfera sobre o estado do CE dá condições para pancadas de chuvas isoladas no estado e em regiões adjacentes como no oeste de PE e PB. Desta forma, somente na faixa litorânea o tempo segue com uma condição de poucas chances para chuvas desde o SE até o RN.

Região Centro-Oeste
Muitas instabilidades estarão presentes na região, sendo que a ZCAS favorece as condições para chuvas mais ao norte da região, porém o forte calor em conjunto com regiões de baixa pressão e instabilidades em altitude contribuem para a formação de temporais em parte do MS, centro sul do MT, e sul do GO. Sendo estes temporais, de forma mais isolada no MS, mas com potencial para pancadas de chuvas fortes.  Na região norte do MT, norte do GO e DF, o tempo ficará mais encoberto com a possibilidade de chuvas a qualquer momento do dia. 

Região Sudeste
O tempo na região sudeste, segue com uma condição mais característica de verão em grande parte dos estados, como em todo o estado de SP, centro sul de MG, RJ e ES. Esse comportamento de verão mantém a condição para pancadas de chuva, principalmente entre a tarde e noite. No entanto, o posicionamento da ZCAS ao norte de MG, vai favorecer um tempo mais encoberto nesta região, com a possibilidade de chuva a qualquer momento do dia. 

Região Sul
De maneira geral, o tempo ainda fica sob o regime de uma massa de ar seco em boa parte do dia nos três estados da região. Contudo, o ciclone extratropical, mesmo que seu centro esteja a uma distância de aproximadamente 560 km da costa gaúcha, vai provocar instabilidades principalmente em áreas próximas à Jaguarão e Pelotas, sendo que estas instabilidades podem ser acompanhadas de rajadas de vento na ordem dos 50 km/h. Além disso, no litoral de SC e do PR, há condições para pancadas de chuvas isoladas e mal distribuídas, mas com o potencial para serem localmente fortes.

Tendência
Na quinta-feira (18) os ventos associados ao ciclone, estarão de quadrante sul na madrugada e parte da manhã, com intensidade moderada a forte no litoral sul do RS, seguindo para um gradativo enfraquecimento a partir da tarde e do quadrante sudoeste. Entre a região sudeste e o norte do país, as instabilidades avançam e dão condições para pancadas de chuva localmente fortes. A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) continuará favorecendo as instabilidades do leste ao oeste do nordeste nos próximos dias.

Já a Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) continuará atuando até pelo menos o dia 21, sendo que nos dias 19 e 20 a chuva será expressiva do ES ao noroeste de MG e ao norte do RJ.  A presença da massa de ar seco entre o sul e parte do sudeste deverá se prolongar pelo menos até o dia 21. No dia 22 a tendência é da chegada de uma frente fria no Uruguai com chuva forte, que também atingirá o sul e oeste do RS.
 

Confira como ficam as chuvas

Temperatura Máxima.

Material exclusivo e elaborado pela equipe Agrotempo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink