Primeira queda simultânea de etanol e gasolina
CI
Imagem: Pixabay
PREÇO MÉDIO

Primeira queda simultânea de etanol e gasolina

Valor do etanol recuou 1,58% na primeira quinzena de junho e litro da gasolina ficou 0,35% mais barato, comercializado a R$ 7,52
Por: -Aline Merladete

Segundo dados do último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), referentes à primeira quinzena de junho, o litro da gasolina comercializado nos postos de abastecimento do País fechou o período a R$ 7,52, valor 0,35% mais barato se comparado ao fechamento de maio. Já o preço do litro do etanol recuou 1,58% e fechou a quinzena a R$ 6,02. Com exceção do Nordeste, que registrou um acréscimo de 0,01% no preço da gasolina, em relação ao mês anterior, e fechou o período com o litro mais caro do País (RS 7,65), todas as demais regiões apresentaram redução no preço: Sudeste (-0,92%), Sul (-0,60%), Norte (-0,40%) e Centro-Oeste (0,34%). A menor média para a gasolina foi comercializada na Região Sul, com o litro vendido à média de R$ 7,15.

De acordo com os dados do Ticket Log, além do recuo na média nacional, o litro do etanol ficou mais barato nos postos de todas as regiões brasileiras: Sudeste (-4,85%), Centro-Oeste (-3,25%), Sul (-2,67%), Norte (-0,37%) e Nordeste (-0,11%). O menor preço médio para o combustível foi registrado nas bombas do Centro-Oeste, a R$ 5,48. Já a média mais cara deixou de ser comercializada no Sul, como no mês passado, e foi registrada no Norte do País, a R$ 6,26. 

Na análise por Estado, o Nordeste se destacou com as maiores médias e altas mais expressivas para o preço da gasolina. Na Bahia o combustível fechou o período com alta de 2,38%, e passou de R$ 7,78 para R$ 7,97. Já o maior preço médio foi encontrado nos postos de abastecimento do Piauí, a R$ 8,08, com alta de 1,07%. Em contrapartida, o Ceará apresentou a maior redução do País no valor médio da gasolina (-1,68%), que passou de R$ 7,80 para R$ 7,67. O litro mais barato foi registrado em São Paulo, a R$ 6,97.

Além de apresentar o menor preço para a gasolina, São Paulo também foi o Estado que registrou o menor preço médio para o etanol e o maior recuo no valor do litro do combustível em todo o País (-7,04%), que passou de R$ 5,10 para R$ 4,74. Novamente nos destaques das altas mais expressivas de todo o território nacional, na Bahia o etanol ficou 2,25% mais caro e passou de R$ 6,12 para R$ 6,26. A média mais alta para o litro foi comercializada nos postos de abastecimento do Pará, a R$ 6,82.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.