Primeiro leilão nacional de gado Sindi acontece na 77ª Expozebu

Agronegócio

Primeiro leilão nacional de gado Sindi acontece na 77ª Expozebu

Agroceres Multimix patrocina leilão com objetivo de contribuir para a promoção da raça Sindi no mercado brasileiro
Por: -Joana
7600 acessos
Agroceres Multimix patrocina leilão com objetivo de contribuir para a promoção da raça Sindi no mercado brasileiro

O primeiro leilão nacional de gado Sindi será realizado neste sábado, dia 7 de maio, a partir das 13h, durante a 77ª Expozebu em Uberaba, Minas Gerais. Com o patrocínio da Agroceres Multimix, o leilão A Essência da Raça tem o objetivo de promover e disponibilizar a genética Sindi no mercado brasileiro, destacou o vice-presidente da raça Sindi e organizador do leilão, Adaldio José Castilho.

“A Agroceres ajudou a viabilizar este leilão. O apoio dela não surpreende porque ela sempre foi uma empresa parceira no confinamento, com produtos de ótima qualidade”, disse Castilho.

A raça Sindi é uma raça com características exclusivas, e o trabalho da Associação é muito sério e profissional, afirmou o gerente de Marketing da Agroceres Multimix, Victor Walzberg. “A empresa aposta no sucesso de iniciativas dessa qualidade, por isso o patrocínio do leilão. Na Agroceres, investimos pesado para fornecer uma nutrição de ótima relação custo/benefício para que os animais manifestem todo o seu potencial genético, assim não poderia deixar de estar ao lado do Adaldio nesse leilão”.

O leilão é uma das fontes de divulgação para o crescimento de uma raça. Ele permite mostrar a qualidade e a precocidade dessa genética para várias regiões do país ao mesmo tempo, contando com uma forma de divulgação muito bem aceita pelos produtores, disse o consultor técnico comercial da Agroceres Multimix, Lourival Borges. “Hoje podemos dizer que o gado Sindi é uma das melhores opções para a pecuária, inclusive para a região nordestina. Sem dúvida, nessa região, o gado Sindi será um dos importantes produtos de comercialização do semi-árido, já que a adaptação ao clima é extraordinário e o poder de conversão alimentar é inegável, tanto em seu resultado final no ganho de peso, como também na sua aparência. Ele está sempre gordo, mesmo contando somente com alimentação a campo”.

Genética Sindi

Conquistar mercado e multiplicar a raça, o que significa produzir mais e conquistar mais criadores, são os principais desafios do setor, ressalta Castilho. Ele também acredita na expansão dessa genética no país. “A produção de Sindi é crescente e irreversível. É uma das raças mais rústicas do mercado. Por isso é bem aceita no nordeste e em todo o país. A produção de Sindi já cresceu muito por causa da boa lucratividade que o gado proporciona”.

“A genética Sindi tem uma linhagem única com a vantagem de ter dupla aptidão. É possível produzir carne ou leite com a mesma linhagem, mudando apenas o manejo. Este gado oferece tudo que a pecuária moderna busca: precocidade em terminação de carcaça, precocidade sexual e rusticidade”, disse o especialista, destacando a importância do gado rústico. “Todos querem uma raça rústica porque ela se adapta melhor em períodos de seca e a genética Sindi é hoje uma das mais rústicas do mercado”.

As informações são da assessoria de imprensa da Agroceres Multimix.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink