Principais temas da 48º Seção Nacional Brasileira da Reaf Mercosul

Agronegócio

Principais temas da 48º Seção Nacional Brasileira da Reaf Mercosul

Nivelamento dos principais temas da 48º Seção Nacional Brasileira da Reaf – Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar no Mercosul
Por:
2299 acessos

Começou nesta quarta-feira (26) e segue até o final do dia de amanhã, 27 de outubro, o nivelamento dos principais temas da 48º Seção Nacional Brasileira da Reaf – Reunião Especializada sobre Agricultura Familiar no Mercosul, coordenada pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), e com participação de representações do governo e da sociedade civil. Nesta edição, um dos principais objetivos do encontro é fazer um balanço da participação brasileira no órgão, apontando os desafios que deverão ser levados à 26ª Reaf, que em breve será convocada. 

Entre os participantes do evento, que acontece em Brasília, na sede do Incra, estão o secretário técnico da Reaf Mercosul, Lautaro Viscay; André Jafet, do Ministério das Relações Exteriores; Leonardo Góes, presidente do Incra; Gustavo Chianca,  da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) no Brasil; representantes de diversos setores da Sead, além de representantes da sociedade civil com organizações como o Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e a Confederação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Contraf Brasil), entre outras.

Representando a Sead, o secretário substituto da Secretaria de Agricultura Familiar (SAF/Sead), Everton Ferreira, falou sobre os avanços que o Brasil já conquistou na área da agricultura familiar e dos muitos desafios no setor. “Carregamos, com orgulho, o legado de discussões qualificadas que acontecem no âmbito da Reaf, mas sabemos que há muito a avançar”, comentou. Everton Ferreira citou como exemplo a necessidade de haver bancos de dados e análises detalhadas sobre a agricultura familiar, o que facilitaria em muito o planejamento e a execução de políticas específicas da área.

O chefe substituto da Assessoria para Assuntos Internacionais e de Promoção Comercial da Sead, Hur Ben Corrêa da Silva, qualificou a Reaf como um espaço democrático privilegiado de formulação de políticas e recomendações para os países visando o fortalecimento da agricultura familiar, e que está fazendo muita diferença para a região. “Percebemos avanços significativos. Para entendê-los, basta imaginarmos se não existisse a Reaf. Não teríamos o conceito de agricultura familiar consolidado na região, não teríamos avançado nas diretrizes e políticas relacionadas a governança fundiária, compras institucionais, a questão de igualdade de gênero e dos jovens rurais, entre outros. Haveria um grande vazio”, disse. Ao saudar a presença dos convidados e dos representantes da sociedade civil, Hur Ben frisou a determinação da Sead em fortalecer a participação na Reaf.

O secretário técnico da Reaf Mercosul, Lautaro Viscay, que esteve no dia anterior em audiência com o Secretário Especial José Ricardo Roseno, destacou o tema desta reunião: “Repensando a Seção Nacional Brasileira”. Segundo ele, a Reaf está se revendo para dar um salto de qualidade. “Hoje a nossa realidade é muito diferente de 10 anos atrás, avançamos bastante, então precisamos ter um olho na conjuntura e outro no planejamento”, disse. Viscay destacou ainda que a agricultura familiar no Mercosul é sinônimo de riqueza. Por isso este tema não é somente social, mas também econômico. “Precisamos avançar nas possibilidades de novos mercados, que é uma demanda forte dos agricultores familiares, que precisam vender sua produção”, exemplificou.

Os grupos temáticos trabalhados atualmente na Seção Nacional Brasileira são: Facilitação do Comércio; Juventude; Registros da Agricultura Familiar; Políticas Fundiárias, Acesso a Terra e Reforma Agrária; Equidade de Gênero e Mudanças Climáticas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink