PREVISÃO

Produção de arroz deve crescer

Previsão é do USDA
Por: -Leonardo Gottems
375 acessos

Nova estimativa do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos (USDA) coloca a produção brasileira de arroz em 8,4 milhões de toneladas, o que seria 16,5% a mais que o ano passado, apesar de que área total com o cultivo baixou 2% no país.

O USDA ressalta que a área de arroz brasileira caiu em oito dos últimos 10 anos em função de que o cultivo é substituído por lavouras muito mais lucrativas como a soja. A estimativa do órgão a produção de arroz beneficiado é de oito milhões de toneladas com a área chegando a 1,95 milhão de hectares, sendo que o arroz irrigado ocupa 90% da área.

No Rio Grande do Sul, responsável por mais da metade da produção brasileira, 77% da safra foi semeada dentro do período ideal. Segundo os dados do USDA e da Conab, a safra vai bem, mas o resultado final dependerá do tempo nas próximas semanas.

As estimativas do USDA não foram modificadas e ficaram no volume de 650 mil toneladas. Essas importações geralmente vêm de países do Mercosul como Paraguay, Uruguai e Argentina. Até agora, mais de 60% das importações da safra atual vieram do Paraguai. As importações aumentam para compensar a queda na produção e crescimento pequeno do consumo basado no crescimento populacional.

Já as exportações brasileiras vão para países do Oeste africano ou alguns países vizinhos como o Peru. Neste ano, segundo a previsão do USDA, os envios ao exterior devem chegar a 750 mil toneladas, o que repete a média dos últimos cinco anos. O consumo brasileiro é de 8,1 milhões de toneladas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink